Toyota atualiza paralisações em julho nas plantas de Aichi

A Toyota anunciou uma revisão das operações de suas plantas domésticas em julho, no total de 16 dias úteis.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Frente do carro Voxy (Toyota)

Em 16 de junho a montadora Toyota Motor havia anunciado as suspensões das operações para os dois meses, mas na quarta-feira (22), informou sobre a revisão em relação a julho.

Publicidade

O motivo continua sendo “a redução da taxa de atendimento devido ao surto do novo coronavírus em alguns fornecedores, bem como pela produção de peças com defeito de outro fornecedor”.

“Devido à escassez de semicondutores e ao impacto da disseminação da infecção por coronavírus, ainda é difícil olhar para frente, então existe a possibilidade de que o plano de produção diminua”, informou em seu comunicado.

Em julho a paralisação será no total de 16 dias, em 4 linhas das plantas de Motomachi e Takaoka, ambas na cidade de Toyota (Aichi).

Nas 3 linhas da planta de Motomachi as datas são 4 a 8 e 11 a 15 de julho, no total de 2 semanas. Já em relação à linha 2 da planta de Takaoka o calendário prevê a suspensão da produção de 11 a 15 e 18 a 22.

Essas paralisações causarão impacto na produção dos veículos Corona, Noah, Voxy, Mirai,  bZ4X, GR Yaris, LC, Harrier e RAV4. 

Fonte: divulgação 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Calbee anuncia aumento de preços de uma parte de seus produtos

Publicado em 23 de junho de 2022, em Economia

Alguns desses produtos tiveram aumento no começo do ano e novamente são alvo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Algumas das batatas fritas alvo do aumento de preços (NTV)

A fabricante de petiscos Calbee anunciou na quarta-feira (22) que irá aumentar os preços de uma parte dos seus produtos de batata e cereais no total de 157 itens.

Publicidade

Desse total de 157 produtos alvo, 9 terão o conteúdo reduzido para não ter que mexer no preço final.

A partir de 1.º de setembro os salgadinhos como batatas fritas, Jagarico, Jagabee e outros custarão 5 a 20% mais.

Assim, o pacote das fritas com sal reduzido (ポテトチップスうすしお味), de 60 gramas, passa de 140 para 155 ienes. Outro exemplo é o Jagarico sabor salada, de 57 gramas, o qual passará de 150 para 165 ienes, como preço sugerido.

O principal fator é o aumento dos preços das matérias-primas como óleo de cozinha e também do custo da energia. 

Alguns produtos sofrerão aumento pela segunda vez este ano.

Fontes: Sankei, Yomiuri e NTV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância