Japão visa novo esquema para reduzir uso de gás, preocupado com o fornecimento russo

Japão visa novo esquema para reduzir uso de gás em meio a preocupações de interrupções no fornecimento de GNL russo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

O Japão está considerando um novo esquema para reduzir o uso de gás na cidade e impedir um corte de energia durante o inverno, disse um funcionário do Ministério da Indústria nesta segunda-feira (11), em meio a temores crescentes de interrupções de gás natural liquefeito (GNL) da Rússia.

Publicidade

O governo, que já tem um mecanismo para pedir a usuários de eletricidade que a conservem, planeja introduzir um sistema similar para ajudar a reduzir o consumo de gás, disse o funcionário à agência de notícias Reuters, confirmando uma reportagem da Kyodo News de sábado (9).

As discussões sobre as novas medidas devem ser iniciadas em uma reunião de um grupo de especialistas no fim desta segunda-feira, com uma meta de torná-las efetivas antes que a demanda por aquecimento aumente no inverno, disse o funcionário.

O Japão, que é pobre em recursos naturais, enfrenta um risco histórico de segurança de energia, enquanto as tensões com Moscou se intensificam, aumentando a ameaça de interrupções no fornecimento de gás em um momento quando a distribuição global está apertada e os preços à vista estão elevadíssimos.

Mesmo sem o fator da Rússia, o Japão está visualizando um fornecimento de energia apertado neste inverno.

Fonte: Channel News Asia

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Viajantes no Japão pagarão mais por passagens com destino ao exterior

Publicado em 11 de julho de 2022, em Sociedade

Taxas para rotas que ligam o Japão com a Europa e América do Norte devem aumentar para seus maiores níveis em registro.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Aeronaves da JAL e ANA no Aeroporto de Nagasaki (banco de imagens)

Viajantes no Japão que seguem para o exterior podem esperar pagar mais pelas suas passagens aéreas nos próximos meses.

Publicidade

As duas principais companhias aéreas do país estão planejando aumentar suas taxas de combustível, culpando a subida de custos.

As taxas mais caras iniciarão para passagens vendidas em agosto e setembro. As companhias aéreas revisam as taxas a cada 2 meses.

Taxas para rotas que ligam o Japão com a Europa e América do Norte devem aumentar para seus maiores níveis em registro.

O valor para a taxa de uma passagem só de ida pela All Nippon Airways (ANA) subirá em ¥11,6 mil chegando ao valor de ¥49 mil.

Passageiros na Japan Airlines (JAL) pagarão ¥10,2 mil a mais, chegando a ¥47 mil.

As companhias aéreas japonesas disseram que os preços do petróleo bruto e um iene mais fraco estão aumentando o custo do combustível para aeronaves.

Autoridades da indústria de viagens estão alertando que os preços em alta podem desacelerar a demanda.

Passageiros no Japão estão começando a retornar aos céus, agora que os controles da era pandemia foram relaxados em todo o mundo.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência