Volta a subir o número de testados positivo, especialmente em 29 províncias

Isso é motivo de preocupação para os especialistas e governadores, pois a BA.5 está se proliferando rapidamente. Veja os índices de aumento nas províncias.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa do coronavírus (Pixabay)

Na quinta-feira (30) o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem Estar do Japão (MHLW) informou que os novos casos de pessoas infectadas pelo coronavírus voltaram a subir em uma semana, demonstrando preocupação com essa situação.

Publicidade

Salientou que o número de pacientes em estado grave também está aumentando moderadamente, sendo necessário ficar atento ao impacto no sistema hospitalar.

Em uma semana, até quarta-feira (29) o aumento médio no país foi de 117%, enquanto em Tóquio foi de 137%. Mas em outras províncias como Aichi (121%), Osaka (133%), Fukuoka (120%) e Shimane (292%) os números diários também elevaram. 

Esses aumentos são visíveis em 29 das 47 províncias do Japão.

Curva do índice em Tóquio desde o começo do ano (News Digest)

Só para se ter uma ideia, o índice de pessoas infectadas a cada 100 mil da população aumentou para 128 em Tóquio, enquanto são 669 em Okinawa, o pior do país, quando o controlável é de 25/100 mil.

A governadora de Tóquio elevou o nível de alerta para 2, quando era 4, na quinta-feira. 

Subvariante BA.5

Em Okinawa o aumento se deve à substituição da subvariante BA.5 da ômicron, ainda mais infecciosa. Prevê-se que em meados de julho ocorra uma rápida expansão.

Curva do índice em Okinawa desde o começo do ano (News Digest)

“Solicitamos evitar ao máximo sair com um grande número de pessoas para jantar e também reduzir o número das saídas”, disse o governador da província Denny Tamaki.  

Takaji Wakita, diretor do Instituto Nacional de Doenças Infecciosas, também mostrou preocupação em relação à subvariante BA.5, a qual já está substituindo as demais e pode impactar no aumento da epidemia. Outro fator apontado foi a estagnação da procura pela dose de reforço da vacinação, ou seja, a terceira.

Fontes: Yomiuri, QAB, JNN e News Digest

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Putin ordena transferência do projeto Sakhalin-2 para nova empresa russa

Publicado em 1 de julho de 2022, em Notícias do Mundo

O Japão recebe cerca de 60% do gás natural liquefeito produzido no projeto.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Bandeiras da Rússia e Japão (banco de imagens)

O presidente russo Vladimir Putin assinou na quinta-feira (30) um decreto ordenando transferir as operações do projeto de desenvolvimento de gás natural e petróleo Sakhalin-2, atualmente formado por empresas japonesas, para uma nova empresa russa, de acordo com um relatório do Kommersant, um jornal russo, em sua edição online.

Publicidade

Segundo o decreto, a transferência é uma medida econômica especial contra uma ação não amigável, sugerindo que a Rússia se apossará efetivamente do projeto em uma ação retaliatória contra sanções impostas sobre Moscou pela sua invasão à Ucrânia.

O mais recente desenvolvimento deixou incerto se as empresas japonesas podem permanecer no projeto.

O Sakhalin Energy, que vem operando o projeto Sakhalin-2 ao largo da costa da ilha de Sakhalin, no extremo leste da Rússia, é 50% da russa Gazprom, 12,5% da Mitsui & Co. e 10% da Mitsubishi Corp.

O Japão recebe cerca de 60% do gás natural liquefeito produzido no projeto. A transferência das operações do projeto para uma empresa russa pode ter um impacto na obtenção de energia do Japão, dizem conhecedores.

Fonte: Nippon, Jiji

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência