Exercícios militares da China mostram preparação para possível invasão, diz Taiwan

A China usou a visita de Nancy Pelosi a Tapei como pretexto a fim de se preparar para uma possível invasão de Taiwan e expandir seu controle por toda a região.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Aeronaves do Exército de Libertação Popular durante exercícios de combate em torno de Taiwan em 7 de agosto (NHK)

A China usou a visita da presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi, a Tapei como pretexto a fim de se preparar para uma possível invasão de Taiwan e expandir seu controle por toda a região, disse o ministro de Relações Exteriores da ilha, acrescentando que Pequim vinha planejando a ação há algum tempo.

Publicidade

Os exercícios militares recentes da China nos mares e ar em torno de Taiwan eram destinados a mudar o status quo (estado das coisas) no Estreito, disse Joseph Wu em uma coletiva de imprensa realizada em Taipei nesta terça-feira (9), acrescentando que a atividade se adicionou à preocupação de que Pequim pode proceder com uma invasão real.

As ambições da China não param em Taiwan, alertou Wu. Pequim está determinada a exercer controle por todos os mares do Leste e do Sul da China em cada extremo do Estreito de Taiwan, transformando a área toda em suas águas internas, acrescentou ele.

“Tenho certeza de que as atividades chinesas estão deixando nossos colegas como Japão muito nervosos e deixando nossos colegas no Sudeste Asiático muito nervosos também”, disse ele. “Estamos no mesmo barco”.

A China enviou mais de 120 aeronaves por toda a linha mediana do Estreito de Taiwan de 4 a 7 de agosto. Taiwan respondeu ao movimentar aviões e embarcações, emitindo alertas por rádio e implantando sistemas de mísseis com base em terra para monitorar as atividades.

Fonte: Bloomberg

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Pesquisa revela preferências pelo próximo carro a comprar

Publicado em 9 de agosto de 2022, em Comportamento

O número 1 foi surpreendente, pois não é um SUV ou VE da Toyota. Veja a diferença de gostos entre os homens e mulheres.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fechando negócio com carro 0KM (Flickr)

A Sony Assurance realizou uma pesquisa online, entrevistando homens e mulheres na faixa dos 18 aos 59 anos, para saber “qual será meu próximo carro”.

Publicidade

Todos os entrevistados possuem carro e dirigem pelo menos uma vez ao mês. O resultado surpreendeu porque o número 1 não é um SUV ou veículo elétrico (VE) da Toyota, a marca mais vendida no mundo. Mas, entrou em 6 posições do top 10.

  1. Honda N-Box
  2. Toyota Aqua  
  3. Toyota Alphard 
  4. Toyota Voxy  
  5. Toyota Harrier  
  6. Daihatsu Tanto, empate com Harrier
  7. Toyota Prius  
  8. Honda Freed, empate com o Prius
  9. Toyota Roomy
  10. Honda Step WGN  

Embora a Toyota tenha ficado com a maioria dos desejados dentre os 10, a Honda brilhou com o N-Box no top, o modelo mais vendido.

O ranking mostra que carros compactos e minivans ainda são os objetos de desejo pela praticidade e preço.

Abaixo, veja a diferença de gostos entre os públicos masculino e feminino, denotando que os homens são mais ousados em relação ao preço.

Fonte: Car Moby

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência