Rússia: Putin aumentará força militar

Em meio a bombardeios em uma das maiores usinas nucleares da Europa, Putin assina decreto para aumentar força militar.

Imagem: NHK

O presidente russo Vladimir Putin assinou na quinta-feira (25) um decreto presidencial para aumentar o número de soldados do exército russo em 137 mil, elevando o número total de soldados para cerca de 1,15 milhão, em meio a aumento das tensões na Ucrânia.

Publicidade

A força militar total do exército russo foi reduzida para cerca de 1,01 milhão em 2017, visando agilização e modernização, mas como a invasão militar da Ucrânia foi prolongada, a Rússia mudou essa diretriz para aumentar a força militar. O decreto entrará em vigor em 1º de janeiro de 2023.

Desastre nuclear iminente

A Rússia e a Ucrânia se acusaram mutuamente de efetuar bombardeios em uma das maiores usinas nucleares da Europa, a usina nuclear de Zaporizhia, que foi tomada por forças russas, no sudeste da Ucrânia. No dia 25, a empresa de energia nuclear da Ucrânia “Energoatom” anunciou que o fornecimento de energia para a usina foi interrompido devido ao incêndio causado pelos bombardeios.

Em um comunicado, a empresa ucraniana culpou o lado russo, dizendo: “As ações dos invasores desconectaram completamente a usina nuclear da rede elétrica.”

Depois disso, a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) disse que foi chamada pelo lado ucraniano para a restauração da usina nuclear. Embora a AIEA afirme que as usinas nucleares têm geradores a diesel como reservas, ela reitera que “o fornecimento confiável de energia externa é essencial para garantir a segurança da energia nuclear“.

Nessas circunstâncias, a AIEA divulgou um comunicado no dia 25, revelando que o diretor-geral Grossi liderará uma equipe de especialistas para investigar a situação na usina nuclear e pretende ir ao local dentro de alguns dias. À medida que o bombardeio na usina nuclear continua, há uma preocupação crescente com um acidente em grande escala, e o foco é se a equipe de especialistas pode entrar no local sem problemas.

Em um vídeo divulgado no dia 25, o presidente ucraniano Zelensky disse que as linhas de energia da usina nuclear de Zaporizhia, no sudeste, foram danificadas pelo ataque russo e que a Rússia levou a Ucrânia e toda a Europa à beira de um desastre nuclear, criticando fortemente a Rússia.

De acordo com um anúncio da Casa Branca nos Estados Unidos, os presidentes Biden e Zelensky tiveram uma reunião por telefone no dia 25 e trocaram opiniões sobre a usina nuclear de Zaporizhia. Com isso, os dois líderes concordaram em pedir à Rússia que devolvesse o controle da usina nuclear à Ucrânia e permitisse a entrada de uma equipe de especialistas da AIEA.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Javali em Quioto apavora pessoas e causa danos

Publicado em 26 de agosto de 2022, em Sociedade

Esse animal atacou uma mulher e causou danos materiais, deu trabalho aos policiais mas foi capturado vivo.

Javali no momento da captura com rede (Kyoto Shimbun)

Um javali silvestre surgiu nas ruas de Sakyo-ku e Nakagyo-ku, cidade de Quioto (província homônima), na manhã de sexta-feira (26).

Publicidade

“Vi uma pessoa sendo atacada por um javali”, disse uma testemunha que ligou para o 119 pedindo socorro para ela. Segundo os bombeiros, uma mulher na faixa dos 60 anos teve suas calças puxadas pelo animal e caiu. Como se feriu com a queda, foi transportada de ambulância.

Por volta das 9h, o javali causou mais danos, ao bater em uma vidraça de uma loja, quebrando-a, e chocou com um carro.

Os policiais de duas delegacias foram mobilizados para a captura enquanto ele corria. Por volta das 10h30, a 2 quilômetros do local onde feriu a mulher, foi capturado com uma rede. 

Segundo a polícia, o animal silvestre estava com um ferimento na perna e tem cerca de 1 metro.

Assista ao vídeo postado no Twitter, do javali dando um baile nos policiais.

Fontes: Kyoto Shimbun, NHK e MBS

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros