Corpo de criança no mar pode ser o do desaparecido há mais de uma semana

Um cadáver sem roupa, de uma criança pequena, foi encontrado na costa da cidade de Himi. Pode ser o do pequeno Reon, o qual está sendo procurado.

Foto do menino desaparecido e em amarelo, a costa da cidade de Himi (NHK)

Segundo informações da polícia e da Guarda Costeira, um pescador avisou que viu um corpo flutuando na costa de Himi (Toyama), vizinha de Takaoka, cidade onde o menino Reon Takashima desapareceu no sábado, 20 de agosto

Publicidade

Policiais, bombeiros e voluntários vêm fazendo a busca desde a noite de seu desaparecimento. O cadáver encontrado por volta das 9h23 de domingo (4) é de uma criança pequena, o qual foi enviado para análise, pois pode ser o do menino desaparecido.

O pescador estava a 4,7 quilômetros a nordeste do Porto de Himi quando viu algo parecido com o corpo.

Quando o barco patrulha se aproximou, já que estava relativamente longe da costa, confirmou ser o corpo de uma criança, sem roupa, e o retirou. Há possibilidade pois há um rio que deságua nessa região.

Fontes: NHK e Tulip TV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Tufão Nº11, Hinnamnor, segue para o norte e mau tempo continua

Publicado em 4 de setembro de 2022, em Tempo

Mesmo pessoas que moram em áreas distantes do percurso do tufão devem ficar em alerta, visto que o clima pode mudar repentinamente.

O tufão deve se aproximar de Kyushu e de outras partes do oeste do Japão enquanto se move para o norte (tenki.jp)

Condições atmosféricas instáveis continuam em várias áreas, principalmente no oeste e leste do Japão, com nuvens pesadas de chuva se formando enquanto o tufão Nº11, o Hinnamnor, segue para o norte.

Publicidade

De acordo com a agência de meteorologia, ar úmido quente em torno do tufão e o sistema de alta pressão do Pacífico, estão fluindo em direção ao Mar do Japão em direção à região Tohoku no nordeste.

Segundo a Agência de Meteorologia do Japão (AMJ), as pessoas precisam ficar em alerta contra chuva torrencial, além de raios e trovões, mesmo em áreas distantes do percurso do tufão, visto que o clima pode mudar repentinamente.

A AMJ fez uma alerta contra deslizamentos, inundações, transbordamento de rios, raios e rajadas de vento, incluindo tornados.

Nas 24 horas até a manhã de segunda-feira (5), até 200mm de chuva devem cair no sul de Kyushu, 150mm em Shikoku e Amami, 120mm no norte de Kyushu e 100mm em Tokai.

A chuva intensa deve continuar até a manhã de quarta-feira (6) nessas áreas.

O tufão deve se aproximar de Kyushu e de outras partes do oeste do Japão enquanto se move para o norte, possivelmente trazendo mais chuva.

Características do tufão

  • Nome: Hinnamnor
  • Classificação: forte
  • Pressão atmosférica: 950hPa
  • Velocidade: 40m/s (144Km/h)
  • Diâmetro: 650Km

Atualização às 14h ⇓⇓

O tufão Nº11, o Hinnamnor, continua a se mover na direção norte, trazendo ventos ferozes para Sakishima e Kumejima, na província de Okinawa.

A Agência de Meteorologia fez um alerta contra forte ventania e ondas altas nas ilhas citadas e também diz que pode haver inundações e deslizamentos em Sakishima e na ilha principal de Okinawa.

Segundo a AMJ, o tufão estava viajando a cerca de 15Km/h na direção norte sobre águas a cerca de 200Km a norte-noroeste da Ilha de Miyako às 13h deste domingo (4).

Sua pressão atmosférica é de 950 hectopascais. A velocidade máxima dos ventos em torno de seu centro é 144Km/h, com rajadas de 216Km/h.

O tufão traz ventos de 90Km/h ou mais dentro de um raio de 240Km de seu núcleo no lado leste e 165Km no oeste.

Fortes rajadas de vento de mais de 140Km/h foram registradas no aeroporto de Miyako às 8h08. Em Ibaruma, na cidade de Ishigaki, a velocidade das rajadas era de 137Km/h às 6h40.

O tufão se aproximaria da ilha principal de Okinawa em algum momento por volta de meio-dia deste domingo.

Ventos fortes devem ser registrados até o fim da noite em Kumejima.

A agência de meteorologia diz que ondas de até 10 metros de altura devem se formar em Sakishima, 9 metros na ilha principal de Okinawa e 6 metros na região de Daitojima.

A agência pede aos residentes que fiquem em alerta contra fortes ventos e ondas altas em Sakishima e Kumejima e deslizamento e inundações em áreas baixas de Sakishima e na ilha principal de Okinawa.

Fontes: NHK, AMJ, Tenki.jp

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros