Cotação do dólar chega próximo de 140 ienes

A desvalorização da moeda japonesa se aproxima do nível de 140 por dólar.

Mercado de câmbio de Tóquio (ANN)

A moeda japonesa despencou no mercado de câmbio de Tóquio na quinta-feira (1.º) e, a certa altura, o dólar chegou a 139,63 ienes, se aproximando dos 140.

Publicidade

No fim de semana passado, o presidente Jerome Powell, do Federal Reserve Board, o banco central dos Estados Unidos, enfatizou sua postura de continuar a aumentar as taxas de juros para conter a inflação recorde.

Por isso, há uma visão de que as altas de juros serão prolongadas mesmo após a reunião para decidir a política monetária a ser realizada neste mês. Assim, continua movimento de compra da moeda americana e venda do iene, pela alta rentabilidade.

Um analista de mercado disse para a NHK que mesmo ocorrendo o esfriamento da economia americana a compra do dólar deverá continuar.

Essa foi a primeira vez em 24 anos – desde 1998 – que a moeda japonesa desvaloriza a esse nível.

Fontes: NHK e ANN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Okinawa não será mais assolada pelo duplo tufão, mas o 11.º causa danos e cancelamentos

Publicado em 1 de setembro de 2022, em Tempo

Como o movimento do pior tufão do ano é lento e ainda por cima está fazendo um V, a província de Okinawa será afetada duas vezes, mas ficou livre do outro.

Mapa do possível curso do violento tufão 11 (AMJ)

Na manhã de quinta-feira (1.º) ainda havia possibilidade de um ciclone tropical se desenvolver para o 12.º tufão, sobre o Pacífico, ao sul de Okinawa. Mas, pelo jeito não vai mais. Ocorreria uma fusão, o que poderia piorar a situação nas ilhas do sul do país.

Publicidade

No entanto, o Hinnammor, classificado como violento, o pior deste ano, está com 920hPa de pressão atmosférica central e ao meio-dia estava a 290km da cidade e ilha de Miyako (Okinawa).  

Plantação de cana-de-açúcar no chão (ANN)

Na noite anterior (31), o 11.º tufão assolou as ilhas Kita Daito e Minami Daito. As plantações de cana-de-açúcar, em cultivo para a colheita no inverno, foram severamente danificadas. Como é a principal fonte econômica das ilhas, a população está preocupada.

Não há notícia de vítimas, mas os danos são visíveis nas duas ilhas, com árvores quebradas, telhados que voaram e casas prejudicadas.

Bombeiros retiram galhos e troncos de uma rodovia em Daito (ANN)

Depois de passar diretamente sobre essas duas ilhas, o Hinnammor fez um curso ainda mais ao sul, em V, e está retornando com um movimento lento. A previsão da Agência de Meteorologia do Japão (AMJ), é de que deverá se aproximar das ilhas de Miyako e Ishigaki no domingo, e no dia seguinte, toda a ilha principal estará sob a área de tempestade do tufão.

Cerca de 1.463 passageiros foram afetados por causa do cancelamento de 30 voos na quinta-feira, tanto os que chegam como os que partiriam de Naha, Miyako e Ishigaki.

O transporte marítimo desses 3 locais também foi cancelado, o que afetará a logística dos alimentos.

Por influência do 11.º tufão, o ar úmido do sul é a causa das chuvas fortes que continuam em várias áreas do arquipélago principal. Na próxima semana o Hinnammor poderá afetar a região Kyushu. 

Fontes: AMJ, ANN, JNN e WeatherNews

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros