Mazda considera encerrar produção na Rússia, seguindo saída da Toyota

A fabricação na Rússia já havia sido suspensa, e agora a Mazda está considerando uma saída completa do país.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fachada de concessionária da Mazda em Samara, na Rússia (banco de imagens)

A Mazda está considerando encerrar a produção na Rússia, visto que as interrupções na rede de fornecimento causadas pela guerra na Ucrânia fazem com que a retomada de operações fique cada vez mais difícil.

Publicidade

A montadora japonesa produz veículos em um empreendimento conjunto com a fabricante local Sollers em Vladivostok.

Combinada com a participação da Sollers, a produção na planta chegou a 29 mil unidades em 2021, de acordo com a companhia de pesquisa MarkLines.

A fabricação já havia sido suspensa, e agora a Mazda está considerando uma saída completa. Nenhuma decisão foi tomada sobre encerrar as vendas ou serviço de manutenção.

Isso ocorre após o anúncio da Toyota na sexta-feira (23) de que ela estava deixando as operações russas.

Saídas de montadoras japonesas da Rússia e a atual mudança para veículos elétricos poderiam estimular uma reorganização de produção de autopeças na Europa.

Fonte: Asia Nikkei

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Tailândia suspenderá grande parte das restrições relacionadas à covid-19

Publicado em 24 de setembro de 2022, em Ásia

O anúncio foi feito pelas autoridades tailandesas na sexta-feira, citando alta taxa de vacinação e declínio no número de casos graves.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Praia em Phuket, Tailândia (banco de imagens)

Autoridades na Tailândia suspenderão grande parte das restrições relacionadas ao coronavírus em 1º de outubro, incluindo um estado de emergência em vigor desde março de 2020.

Publicidade

O anúncio foi feito pelas autoridades tailandesas na sexta-feira (23), citando alta taxa de vacinação e declínio no número de casos graves.

Elas dizem que chegadas do exterior não precisarão mais apresentar prova de vacinação ou teste de covid-19 com resultado negativo.

Um período de estada sem visto de países e territórios incluindo o Japão será estendido de 30 para 45 dias, disseram as autoridades.

A Tailândia havia recebido cerca de 40 milhões de turistas estrangeiros um ano antes da pandemia. Em 2021 apenas 400 mil visitantes internacionais passaram pelo país.

Autoridades da saúde estão pedindo às pessoas que continuem a tomar medidas anti-infecção, como uso de máscara em locais aglomerados.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância