Nissan encerra produção do icônico March

A montadora encerrará as vendas do March assim que acabarem os estoques.

O March não será mais fabricado para o mercado japonês (YouTube/テレ東BIZ)

A Nissan encerrará as vendas de seu carro compacto March no Japão.

Publicidade

O atual modelo é produzido na Tailândia, mas a montadora descontinuou a fabricação para o mercado japonês no fim de agosto, fechando as cortinas em 40 anos de história. A Nissan focará seu investimento em veículos híbridos e elétricos.

De acordo com números da Associação de Comerciantes de Automóveis do Japão, 8.819 unidades do March foram vendidas em 2021, menos de um décimo das vendas de um outro compacto da Nissan, o Note.

As vendas do March ficaram bem atrás das de rivais como o Yaris e Aqua da Toyota e o Fit da Honda.

A Nissan vem mudando o foco de suas vendas de carros compactos para o Note, e está eletrificando todos os seus modelos.

A montadora encerrará as vendas do March assim que acabarem os estoques. Em alguns mercados no exterior ele continuará a ser vendido como Micra.

No total, Nissan vendeu 2,6 milhões de unidade do March no Japão.

Fonte: Yomiuri

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão planeja lei revisada com cortes no uso de gás para garantir fornecimento

Publicado em 1 de setembro de 2022, em Sociedade

A mudança é destinada a endereçar preocupações sobre possíveis interrupções no fornecimento após a invasão da Rússia à Ucrânia.

Quase todo o gás natural liquefeito do Japão é importado (NHK)

O governo do Japão planeja revisar a lei para introduzir medidas a fim de garantir um fornecimento estável de gás natural. Dentre as propostas estão cortes obrigatórios para usuários de grande escala.

Publicidade

A mudança é destinada a endereçar preocupações sobre possíveis interrupções no fornecimento após a invasão da Rússia à Ucrânia.

Quase todo o gás natural liquefeito (GNL) do Japão é importado.

Em tempos de fornecimento apertado, companhias de gás e o governo estão pedindo aos residentes e empresas que conservem energia.

Se isso não for suficiente, e o fornecimento parar, usuários de grande escala poderão estar sujeitos a cortes obrigatórios de gás.

A lei revisada deve incluir maneiras de apoiar companhias de gás se o GNL ficar muito caro.

Uma corporação de petróleo e gás afiliada ao governo poderá ter permissão para importar GNL em nome das companhias.

O Ministério da Economia planeja apresentar um esboço da lei revisada a uma sessão extraordinária da Dieta nos próximos meses.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros