Rússia quer destruir a vida normal dos europeus, alerta Zelensky

O presidente ucraniano disse que neste inverno a Rússia está se preparando para um decisivo ataque energético sobre todos os europeus.

Zelensky fala em ataque energético da Rússia sobre os europeus (Facebook Volodymyr Zelensky)

A Rússia quer destruir a vida normal de todo cidadão europeu, disse o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky.

Publicidade

“Ela está tentando atacar com pobreza e caos político onde ela ainda não pode atacar com mísseis”, disse Zelensky em uma coletiva de imprensa regular no sábado (3).

Ele estava falando horas após a Rússia ter dito que seu principal gasoduto para a Europa não seria reaberto como planejado.

A Europa acusou a Rússia de usar seus fornecimentos de gás para chantageá-la em meio ao conflito na Ucrânia, o que Moscou nega.

Os preços de energia aumentaram desde a invasão russa ao país vizinho em 24 de fevereiro e fornecimentos escassos fazem os custos ficarem ainda mais caros.

Há temores crescentes de que famílias na União Europeia não consigam arcar com os custos de aquecimento neste inverno.

Governos em todo o continente estão considerando quais medidas tomar para aliviar a crise.

A Alemanha, um dos países mais afetados pela interrupção no fornecimento russo, anunciou no domingo (4) um pacote de ajuda de €65 bilhões.

O chanceler alemão Olaf Scholz disse que a Rússia não era mais uma parceira confiável de energia.

Em seu discurso, o presidente Zelensky disse: “Neste inverno, a Rússia está se preparando para um decisivo ataque energético sobre todos os europeus”.

Ele disse que apenas união entre países europeus ofereceria proteção.

Fonte: BBC

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Doença dos legionários: possível causa de ‘pneumonia misteriosa’ na Argentina

Publicado em 5 de setembro de 2022, em Notícias do Mundo

A doença pulmonar relativamente rara é comumente ligada à água contaminada ou sistemas de ar-condicionado sem limpeza adequada.

A bactéria Legionella em 3D (ilustratriva/banco de imagens)

Autoridades da saúde na Argentina disseram que um surto de pneumonia misteriosa que matou 4 pessoas pode ter sido causado pela doença dos legionários, ou legionelose.

Publicidade

Outros 7 casos foram descobertos, a maioria em uma clínica na província de Tucumán, no norte do país, onde as mortes ocorreram.

A doença pulmonar relativamente rara é comumente ligada à água contaminada ou sistemas de ar-condicionado sem limpeza adequada.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) foi alertada na semana passada para focos de infecção.

Médicos que estavam tentando determinar a causa dos sintomas similares aos da influenza descartaram a covid-19, gripe e hantavírus, uma doença respiratória grave transmitida por roedores, após submeter pacientes a testes na cidade de San Miguel de Tucumán.

Os sintomas incluíram febre alta, dores no corpo e dificuldades para respirar.

Autoridades dizem que os sintomas apareceram pela primeira vez em 6 casos relacionados à instalação entre 18 e 23 de agosto.

A bactéria legionella, que causa a doença, é comumente encontrada em fontes de água como rios e lagos a qual algumas vezes acaba indo parar em sistemas de irrigação artificial.

Cerca de 10% das pessoas que contraem a doença morrem devido a complicações que surgem em decorrência da infecção.

Fonte: BBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros