Segunda-feira: 68 mil novos casos de coronavírus no Japão

A diferença com a segunda-feira da semana anterior foi de 27,8 mil.

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 68.043 testados positivo para o novo coronavírus na segunda-feira (5), aumentando a soma cumulativa para 19.545.978 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Tóquio: 7.296
  2. Kanagawa: 5.176
  3. Saitama: 3.952
  4. Fukuoka: 3.578
  5. Hyogo: 3.275

Okinawa apresentou um total baixo porque muitos dos postos de saúde da ilha principal e das distantes estiveram fechadas por vários dias pela passagem do forte e lento tufão. A partir de terça-feira a contagem deve normalizar.

Óbitos, recuperações e pacientes em tratamento

O dia teve 221 óbitos, sendo 31 em Tóquio, 23 em Chiba, 17 em Saitama, 15 em Osaka, 10 em Hokkaido, 7 em Okinawa, em Akita, em Kochi e em Kagoshima, 6 em Quioto, em Wakayama, em Oita, em Gifu, em Aichi e em Ibaraki, além de outras províncias.

São 1.678.148 pacientes em tratamento, dos quais 519 estão em estado grave.

Em contrapartida, são 17.826.511 pessoas recuperadas da covid.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão.

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 3.237
Tohoku
Aomori 933
Iwate 576
Miyagi 655
Akita 271
Yamagata 683
Fukushima 939
Kanto
Ibaraki 1.929
Tochigi 584
Gunma 694
Saitama 3.952
Chiba 2.930
Tóquio 7.296
Kanagawa 5.176
Hokuriku
Niigata 1.400
Toyama 303
Ishikawa 1.015
Fukui 747
Koshin
Yamanashi 238
Nagano 605
Tokai
Gifu 1.053
Shizuoka 1.363
Aichi 3.235
Mie 830
Kinki
Shiga 858
Quioto 1.659
Osaka 3.559
Hyogo 3.275
Nara 971
Wakayama 537
Chugoku
Tottori 245
Shimane 258
Okayama 1.518
Hiroshima 2.379
Yamaguchi 858
Shikoku
Tokushima 491
Kagawa 368
Ehime 653
Kochi 429
Kyushu
Fukuoka 3.578
Saga 454
Nagasaki 899
Kumamoto 815
Oita 740
Miyazaki 799
Kagoshima 1.382
Okinawa 650
Aeroportos 24
TOTAL GERAL 68.043
Fontes: News Digest e NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Lojas de conveniência no Japão oferecem mais roupas e artigos domésticos

Publicado em 5 de setembro de 2022, em Sociedade

Lojas de conveniência no Japão estão encontrando novas oportunidades de negócios em áreas como a de vestimentas e artigos domésticos.

Um loja de conveniência da FamilyMart (banco de imagens)

Grandes operadoras de lojas de conveniência no Japão estão encontrando novas oportunidades de negócios em áreas como a de vestimentas e artigos domésticos.

Publicidade

Elas estão tentando capturar a crescente demanda por “one-stop shopping” (negócio que oferece vários serviços ou produtos aos clientes) em meio à propagação do coronavírus ao disponibilizar uma ampla seleção de produtos, não somente itens alimentícios básicos.

A FamilyMart introduziu sete novos produtos em junho, incluindo meias e toalhas, sob sua marca de roupas Convenience Wear.

A linha Convenience Wear em uma loja da FamilyMart (Yomiuri)

A companhia lançou sua linha Convenience Wear a nível nacional em março de 2021 e agora oferece cerca de 75 tipos diferentes de itens incluindo camisetas coloridas que custam ¥1.089.

A Seven-Eleven Japan, a maior rede de lojas de conveniência no país, havia expandido sua seleção de produtos fornecidos pela operadora de lojas de ¥100, a Daiso Industries, para quase todos os seus estabelecimentos até agosto.

A companhia começou a introduzir os produtos em algumas de suas lojas em dezembro de 2020, atraindo clientes principalmente com artigos domésticos como lenços umedecidos e sacos de lixo.

A Lawson planeja introduzir cerca de 200 produtos adicionais da marca Muji da Ryohin Keikaku, como itens de papelaria e roupas, em cerca de 5 mil estabelecimento nas regiões Kanto e Koshinetsu até o fim de setembro e expandir a nível nacional em 2023.

Como as lojas de conveniências são pequenas, e sua variedade de itens de necessidade diária e outros é menor do que aquela de farmácias de lojas DIY (Do It Yourself), até agora a maioria dos produtos vêm sendo comprados como um paliativo no caso de emergência.

Ultimamente, entretanto, os consumidores estão cada vez mais buscando one-stop shopping a fim de evitar contrair o vírus.

Fonte: Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância