Sharp faz recall de 13 mil aparelhos de ar-condicionado

Se tem um modelo de ar-condicionado da Sharp fabricado entre 2019 e 2020, veja na matéria como proceder.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ar-condicionado Airest da Sharp (HP)

A fabricante japonesa Sharp, de eletroeletrônicos, informou que fará inspeção e reparo gratuitos de 13.120 unidades de aparelhos de ar-condicionado, por causa do risco de ignição (fogo) ou fumaça devido a um defeito na placa de circuito.

Publicidade

De acordo com a Sharp, são 4 modelos da série Airest, produzidos entre  novembro de 2019 e julho de 2020. O recall começa na quarta-feira (21). 

Em junho e agosto deste ano, foram confirmados início de fogo e fumaça em alguns aparelhos, pelos relatos de usuários. A Sharp realizou uma investigação e descobriu que uma corrente excessiva fluía devido a um mau funcionamento no painel de controle dentro do ar-condicionado, o que poderia levar a um incêndio. 

“Pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, evite usá-lo até a inspeção e reparo”, escreveu a fabricante no comunicado oficial.

Depois de conferir o número e série de fabricação do ar-condicionado (toque aqui para ver), o pedido de recall pode ser feito online ou através do telefone 0120-251-340.

Como ver os números do modelo e da série (divulgaçao)

Fontes: NHK e divulgação 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Pai ateia fogo no filho de 12 anos por não fazer lição de casa

Publicado em 21 de setembro de 2022, em Notícias do Mundo

Shaheer Khan de 12 anos sofreu queimaduras graves em 14 de setembro e morreu dois dias depois.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Um paquistanês ateou fogo em seu filho de 12 anos no apartamento onde moravam em Karachi após o menino não ter conseguido responder a questões em sua lição de casa, de acordo com reportagem do site Daily Mail na terça-feira (20).

Publicidade

Shaheer Khan sofreu queimaduras graves no incidente horrível no vilarejo de Orangi na cidade paquistanesa em 14 de setembro e foi levado às pressas para o hospital, mas ele não pôde ser salvo e morreu em decorrência de seus ferimentos dois dias depois.

O pai teria derramado querosene sobre o filho e acendido um fósforo em uma tentativa de colocar medo no menino para ele concluir sua lição de casa, mas a chama inflamou o óleo e incendiou a criança.

Ao ouvir os gritos do filho, sua mãe, Shazia, entrou no quarto onde ambos os pais jogaram cobertores e roupas sobre o menino em chamas em uma tentativa desesperada de extinguir o fogo, mas seus esforços não foram suficientes para salvá-lo.

Após receber a notícia da morte intoleravelmente dolorosa de seu filho em 16 de setembro, Shazia ficou de luto por dois dias e depois moveu uma ação contra o seu marido.

A polícia prendeu Nazir no dia seguinte e ele continuará sob custódia até uma audiência programada para 24 de setembro.

O policial Salim Khan disse a canais de notícias paquistaneses que Nazir ficou furioso quando Shaheer insistiu em empinar pipa ao invés de terminar sua lição de casa.

Fonte: Daily Mail

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência