Terremoto de magnitude 6,8 na China: 46 mortos, 50 feridos e danos gigantescos

O forte sismo no sudoeste da China foi a causa de 46 mortos, além das pessoas feridas, resgatadas pelos bombeiros.

Bombeiros resgatam uma vítima (reprodução da CCTV)

O forte terremoto de magnitude 6,8 ocorrido às 12h52 na segunda-feira, com epicentro na Prefeitura Autônoma do Tibete de Garzê na província de Sichuan, causou deslizamentos, destruições parciais e integrais de edificações e vítimas.

Publicidade

Segundo informações oficiais do governo chinês, até as 10h de terça-feira (6) o número de mortos chegou a 46 e são 50 vítimas feridas

“O Presidente Xi Jinping ordenou todos os esforços de resgate para minimizar as vítimas após o terremoto de magnitude 6,8 que abalou a província de Sichuan no sudoeste da China, enfatizando que salvar vidas deve ser a principal tarefa”, escreveu o embaixador Deng Xijun no Twitter.

Os bombeiros tiveram que abrir as rodovias para o socorro, pois estavam bloqueadas pelos sedimentos por causa dos deslizamentos ocorridos pelo forte terremoto.  

Como a região está em lockdown, sob a campanha do governo chamada de Zero Covid, um vídeo no Twitter mostra que as pessoas, todas com máscara, estão impedidas de sair, mesmo após o forte terremoto. 

Fontes: JNN, Twitter e Yomiuri

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Marriott planeja abrir 100 hotéis no Japão

Publicado em 6 de setembro de 2022, em Sociedade

A operadora de hotéis e resorts dos EUA olha além de grandes cidades enquanto o turismo se recupera da Covid.

Marriot aumentará presença no arquipélago japonês (banco de imagens)

A Marriott International aumentará sua presença no Japão em 30% para cerca de 100 hotéis até o fim de 2024, antecipando uma retomada nas viagens conduzida por uma recuperação na economia e relaxamento das restrições de fronteira relacionadas à covid-19.

Publicidade

A operadora de hotéis e resorts planeja abrir locais adicionais sob sua marca Fairfield by Marriott, que foi lançada no Japão em 2020.

Esses hotéis estão geralmente localizados perto de paradas de estradas e trabalham com governo regionais para destacar atrações locais, como por exemplo ao oferecer refeições preparadas com especialidades da área ou acesso a instalações de águas termais nas proximidades.

Os quartos, cuja pernoite custa cerca de ¥15 mil, são populares entre viajantes solo e jovens.

A Marriott opera mais marcas de hotéis luxuosos como o Ritz-Carlton, Sheraton e Westin nas grandes cidades do Japão e destinos de férias. Entretanto, ela vê uma oportunidade crescente além dessas áreas enquanto mais viajantes buscam experiências únicas.

A operadora está especialmente interessada na região Kyushu. Lá ela opera um resort Sheraton na cidade de Miyazaki e visa ter mais 10 hotéis na área em 2 anos e meio.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros