Toyota deixará a Rússia, encerrando produção e vendas de veículos

A montadora japonesa não vê fim das paralisações nas redes de fornecimento enquanto a guerra na Ucrânia persiste.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma concessionária da Toyota em Krasnoyarsk, na Rússia (banco de imagens)

A Toyota anunciou na sexta-feira (23) uma saída da produção e vendas de automóveis na Rússia, citando dificuldades no fornecimento de materiais fundamentais e peças no país em meio à guerra na Ucrânia.

Publicidade

Foi uma decisão difícil”, disse o chefe de comunicações da Toyota, Jun Nagata, aos repórteres online na sexta-feira. “Vamos liquidar nossa unidade local na Rússia ao invés de vendê-la”.

A Toyota é a primeira montadora japonesa a anunciar saída da Rússia. A montadora continuará a fornecer reparos para veículos que ela vende no país por enquanto.

A montadora suspendeu operações em sua planta na cidade de São Petersburgo em 4 de março deste ano, após o início da invasão russa.

“Após 6 meses não conseguimos retomar as atividades normais e não vemos indicação de reinício no futuro”, disse a montadora japonesa.

Uma interrupção prolongada afetaria a habilidade da Toyota em dar suporte a funcionários deixando-a sem escolha a não ser encerrar a produção no país. Acredita-se que crescentes riscos geopolítico na região também tenham contribuído para a decisão.

Fonte: Asia Nikkei

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Sexta-feira: 63 mil novos casos de coronavírus no Japão

Publicado em 23 de setembro de 2022, em Sociedade

Houve uma diferença de 12 mil casos a menos do que na sexta-feira da semana passada.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 63.871 testados positivo para o novo coronavírus na sexta-feira (23), aumentando a soma cumulativa para 20.992.104 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Tóquio: 7.559
  2. Osaka: 4.930
  3. Kanagawa: 4.674
  4. Saitama: 3.924
  5. Aichi: 3.630

Óbitos, recuperações e pacientes em tratamento

O dia teve 87 óbitos, sendo 8 em Osaka, em Aichi e em Tóquio, 6 em Okinawa e em Fukushima, 4 em Mie, em Hokkaido, em Chiba, em Miyagi e em Fukuoka, além de outras províncias.

Houve uma queda de 14 pacientes em estado grave, portanto, são 262 na sexta-feira. E, por outro lado, são 20.128.584 pessoas recuperadas da covid.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão.

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 3.164
Tohoku
Aomori 421
Iwate 375
Miyagi 861
Akita 526
Yamagata 515
Fukushima 788
Kanto
Ibaraki 1.677
Tochigi 738
Gunma 886
Saitama 3.924
Chiba 3.536
Tóquio 7.559
Kanagawa 4.674
Hokuriku
Niigata 1.167
Toyama 502
Ishikawa 604
Fukui 472
Koshin
Yamanashi 264
Nagano 852
Tokai
Gifu 757
Shizuoka 1.665
Aichi 3.630
Mie 1.110
Kinki
Shiga 855
Quioto 1.188
Osaka 4.930
Hyogo 2.509
Nara 858
Wakayama 383
Chugoku
Tottori 257
Shimane 284
Okayama 1.113
Hiroshima 1.954
Yamaguchi 636
Shikoku
Tokushima 341
Kagawa 530
Ehime 553
Kochi 331
Kyushu
Fukuoka 2.030
Saga 311
Nagasaki 509
Kumamoto 1.110
Oita 523
Miyazaki 558
Kagoshima 780
Okinawa 639
Aeroportos 22
TOTAL GERAL 63.871
Fontes: News Digest e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância