Disney revela sua primeira heroína plus size em curta-metragem comovente

A reflexão segue uma jovem bailarina com dismorfia corporal. O curta metragem deixou fãs comovidos, sendo a primeira vez que a Disney destaca uma heroína plus size.

A protagonista é Bianca, uma jovem bailarina (Twitter/Disney Animation)

A Disney criou sua primeira protagonista plus size para um poderoso curta-metragem sobre dismorfia corporal.

Publicidade

Na história de 85 anos da companhia na produção de filmes, personagens plus size foram destacados apenas nos papéis de vilãs ou extras, e os fãs estão cheios de orgulho pela mudança.

O filme, intitulado Reflect, segue a história de uma jovem bailarina plus size chamada Bianca, “que luta contra seu próprio reflexo, superando dúvidas e medos ao abrir caminho para sua força interna, graça e poder”.

Dirigido por Hillary Bradfiled, o filme faz parte da segunda série do Short Circuit, uma série de curtas experimentais.

A animação comoveu fãs, com uma dizendo que queria que o filme tivesse sido feito quando ela era criança.

“Eu, que tenho 16 anos, precisava desse curta da Disney antes de desistir do balé porque eu não queria mais ser a menina gordinha na classe. Fico feliz que as crianças tem ele agora.”, tuitou ela.

A dismorfia corporal é uma condição de saúde mental em que uma pessoa se preocupa obsessivamente com falhas em seu físico.

Os pacientes desenvolvem comportamentos e rotinas compulsivos, como uso em excesso de espelhos ou os evitam completamente.

Essas obsessões e comportamentos causam estresse emocional e têm um impacto significante sobre a habilidade das pessoas em continuar com atividades em suas vidas.

Fonte: Mail Online

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Elon Musk conclui compra do Twitter por US$44 bilhões e demite principais executivos

Publicado em 28 de outubro de 2022, em Notícias do Mundo

O fechamento do negócio remove uma nuvem de incertezas que pairou sobre o negócio do Twitter, funcionários e acionistas em grande parte do ano.

Elon Musk agora é dono do Twitter (banco de imagens)

Elon Musk concluiu seu negócio de US$44 bilhões para comprar o Twitter, disse uma fonte com conhecimento do assunto à rede CNN na quinta-feira (27), colocando o homem mais rico do mundo no comando de uma das plataformas de mídia social mais influentes do globo.

Publicidade

Musk demitiu o CEO Parag Agrawal e outros dois executivos, segundo duas pessoas com conhecimento da decisão. O Twitter se negou a fazer comentários.

O fechamento do negócio remove uma nuvem de incertezas que pairou sobre o negócio do Twitter, funcionários e acionistas em grande parte do ano.

Após concordar inicialmente em comprar a companhia em abril deste ano, Musk passou meses tentando sair do negócio, citando primeiro preocupações com o número de bots na plataforma e depois alegações levantadas por um informante da companhia.

Ao completar o negócio, Musk e o Twitter evitaram um processo que originalmente aconteceria no início deste mês.

Mas a aquisição de Musk e as demissões imediatas de alguns de seus principais executivos, agora levantam uma série de questões para o futuro da plataforma de mídia social, e os muitos cantos da sociedade impactada por ela.

Na quinta-feira (27), Musk também demitiu o CEO Ned Segal e o chefe de políticas Vijaya Gadde, de acordo com as duas fontes.

Musk disse que ele planeja repensar as políticas de moderação de conteúdo do Twitter a serviço de uma abordagem mais maximalista para “liberdade de expressão”.

O bilionário também disse que não concorda com a prática do Twitter de proibições permanentes para aqueles que violaram suas regras repetidamente, levantando a possibilidade de que vários usuários controversos banidos anteriormente poderiam reemergir na plataforma.

A aquisição também promete estender a influência de Musk.

O bilionário já detém, supervisiona ou tem participações significantes em companhias que desenvolvem carros, foguetes e internet por satélite, assim como empreendimentos mais experimentais como implantes de cérebro.

Agora, ele controla uma plataforma de mídia social que define como centenas de milhões de pessoas se comunicam e recebem suas notícias.

Fonte: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros