Gifu: aranhas potencialmente perigosas encontradas e exterminadas

Mais de uma dezena de aranhas parentes da viúva-negra foram encontradas em um campo de beisebol em Kani.

Amostra de uma das aranhas redback, potencialmente perigosa (Gifu Shimbun)

A Prefeitura de Kani (Gifu) informou na quarta-feira (12) que foram encontradas 11 aranhas potencialmente perigosas, chamadas de redback (Latrodectus hasseltii), da família das viúvas-negras, nativa da Austrália.

Publicidade

No mesmo local, no campo de beisebol Mizuki, em Mizukigaoka, foram encontrados 48 ovos e as aranhas eram todas fêmeas.

Tudo foi recolhido e exterminado. A prefeitura soube disso porque no dia anterior uma pessoa ligou informando que encontrou essa aranha potencialmente venenosa.

Na cidade de Ichinomiya (Aichi) foi encontrada uma aranha redback na Escola Primária Fuji, em 21 de setembro. Por duas vezes este ano foram encontradas em outras 2 escolas da cidade.

As autoridades pedem que avisem a prefeitura caso encontre essa aranha e alerta para jamais tocá-la porque seu veneno é perigoso e se espalha rapidamente pelo corpo. Além de muita dor, a pessoa terá sintomas como fraqueza, dor de cabeça, dores musculares e insônia por várias semanas.

Se for picado, a recomendação é lavar o local imediatamente com água morna e sabonete. Depois disso deve ir ao hospital.

Fontes: Gifu Shimbun, Nagoya TV e Pref. Sek

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Pompons vegetais vermelhos em Gunma: passeio gratuito

Publicado em 13 de outubro de 2022, em Sociedade

O passeio outdoor proporciona uma caminhada em meio às plantações de belverdes e crisântemos.

Pompons vermelhos no campo (divulgação/Gunma TV)

A planta chamada Bassia scoparia, também conhecida como belverde em português, encanta o povo japonês, pelo seu formato de pompom e porque muda de cor.

Publicidade

No Igano no Hanabatake em Habo, cidade de Minakami (Gunma), uma área está toda colorida de vermelho com toque roxo e vem encantando os visitantes. 

No Japão essa planta é chamada de kochia (コキア, lê-se coquia) ou capim-vassoura (ホウキグザ), pelo seu formato. 

No outono, as pequenas flores, folhas e até os caules ficam avermelhados carregados de roxo. Nessa área de cerca de 8 mil metros quadrados, onde antes terra ociosa, os pompons coloridos contracenam com as montanhas. 

Se esse espaço para relax e para fotos existe é graças aos esforços dos residentes da vizinhança que passaram a cultivar desde 2011. Anualmente têm o trabalho de semear e cuidar desse campo de belverdes

Este ano, cerca de 8 mil pés de kochia criam um visual fantástico para os visitantes. Além disso, cerca de 2 mil pequenos crisântemos começaram a florescer no jardim e estarão em plena floração por volta de 20 deste mês.

Vale a pena fazer esse passeio gratuito, respirar o ar puro das montanhas e se encantar com essa paisagem maravilhosa cultivada carinhosamente pelos moradores locais.

A dica é se agasalhar bem pois a temperatura lá pode ser mais baixa do que nas cidades onde residem os brasileiros em Gunma.

Igano no Hanabatake 

伊賀野の花畑 

  • Local: Minakami (toque aqui para abrir o mapa)
  • Melhor período: segue até o começo de novembro
  • Evento: em 6 de novembro a comunidade local confeccionará vassouras

Assista ao vídeo da matéria feita pela Gunma TV.

Fontes: divulgação e Gunma TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros