Massacre em creche na Tailândia mata pelo menos 30 pessoas

Um atirador, visto como ex-policial, atirou indiscriminadamente em mais de 30 pessoas, das quais 23 são crianças de uma creche.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Polícia da Tailândia (@news1005fm)

Pelo menos 30 pessoas foram assassinadas na quinta-feira (6) em massa em uma creche situada em Na Klang na província de Nong Bua Lamphu, no nordeste da Tailândia.

Publicidade

Achayon Kraithong, porta-voz da polícia nacional, disse à AFP que o autor desse tiroteio é supostamente um ex-policial e ainda está foragido. Outra fonte informou que depois do massacre cometeu suicídio, mas antes matou sua esposa e filho.

A maioria das vítimas fatais deste massacre é composta de crianças pequenas. Segundo a informação são pelo menos 23 crianças. 

O suspeito foi visto pela última vez dirigindo uma caminhonete Toyota branca com placas de Bangkok.

O primeiro-ministro Prayut Chan-o-cha alertou todas as agências para que tomem medidas, disse um porta-voz do governo.

Policiais e famílias desesperadas na creche.

Polícia divulga foto do ex-policial e atirador dessa tragédia.

Fontes: NTV, NHK, News Sky e Twitter

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Taiwan está pronta para atacar caso a China ultrapasse a linha vermelha, aumentando a tensão

Publicado em 6 de outubro de 2022, em Ásia

O governo de Taiwan considera esses movimentos das aeronaves militares da China uma “traição” e diz estar pronto para o ataque.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Embarcações marinhas da China (JNN)

O Ministro da Defesa de Taiwan, Chiu Kuo-cheng, disse que “a defesa nacional é uma linha vermelha para Taiwan”, avisando que se as aeronaves militares da China entrarem no espaço aéreo, está pronto para atacar.

Publicidade

Seria o primeiro ataque de Taiwan contra essas aeronaves que vêm sobrevoando nas imediações desde que a vice-presidente americana fez sua visita. 

No Estreito de Taiwan, desde agosto, os caças chineses e outras aeronaves sobrevoaram a “linha mediana”, que teria sido tacitamente acordada por ambos os lados como uma linha de demarcação para evitar confrontos acidentais entre as forças chinesas e taiwanesas. 

Taiwan definiu anteriormente um primeiro ataque dos militares da China como um com mísseis e artilharia, dizendo que não o faria sem tais movimentos. Mas Chiu disse na quarta-feira (5) que os militares da China minaram o acordo tácito na linha mediana, mudando claramente o status quo.

Depois que o presidente Xi Jinping, decidiu continuar no poder, pelo terceiro mandato, a ser definido no 20.º Congresso Nacional do Partido Comunista, que será aberto no dia 16, a China disse que aumentaria a pressão sobre Taiwan para “se opor à independência e promover a unificação“, estima um político de alto escalão taiwanês, na quinta-feira (6).

Taiwan é um país?

A China insiste em “reunificar” a República Popular com Taiwan, que tem sido governada de forma autônoma desde que os nacionalistas recuaram em 1949, depois de perderem a guerra civil contra os comunistas, e continuaram com o regime da República da China. A transição de Taiwan para a democracia ocorreu nos anos 90 e tem governo próprio, eleito pelo povo, instituições independentes, moeda nacional e forças armadas. Participa ativamente do comércio internacional e é membro da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC). 

Logo, é um Estado soberano, mas não reconhecido como tal pela ONU e tampouco pela maioria dos países do mundo e mantém relações diplomáticas com cerca de 30 países, entre eles, Japão, Coreia do Sul e Estados Unidos.

Fontes: JNN, Asahi e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância