Canadá planeja receber 500 mil imigrantes anualmente

A indústria canadense está enfrentando uma grave escassez de mão de obra, com cerca de 1 milhão de vagas abertas por todo o país.

Quebec, Canadá (banco de imagens)

O governo canadense planeja aceitar cerca de 500 mil imigrantes anualmente até o fim de 2025 para embarcar em uma prosperidade econômica.

Publicidade

O ministro da Imigração do Canadá, Sean Fraser, revelou o plano do governo federal na terça-feira (1º).

“O governo planeja aumentar significantemente o número de imigrantes que entra no Canadá, com uma meta de 500 mil pessoas chegando ao país a cada ano até 2025”, disse ele.

A indústria canadense está enfrentando uma grave escassez de mão de obra, com cerca de 1 milhão de vagas abertas por todo o país.

Como tal, o novo plano de imigração focará em aumentar o número de imigrantes, que poderão entrar baseado em habilidades de trabalhou ou experiência, ao longo dos próximos anos.

O atual programa de imigração do Canadá permite a entrada de até 350 mil pessoas ao ano.

Fonte: CGTN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Fundo de investimento nacional adquire indústria americana de semicondutores no Japão

Publicado em 2 de novembro de 2022, em Economia

A indústria de semicondutores americana foi vendida para um grupo de fundo de investimento do Japão, com perspectiva de aumento de produção.

Imagem meramente ilustrativa de semicondutores (Wikimedia)

Com a finalidade de fortalecer a produção de semicondutores de potência (power semiconductors), cuja demanda deve aumentar com o desenvolvimento dos veículos elétricos (VE), um fundo de investimentos, incluindo o Banco de Desenvolvimento do Japão, comprou uma base de produção e começou a investir nela.  

Publicidade

De acordo com o anúncio, a empresa japonesa Mercuria Investment, mais o Banco de Desenvolvimento do Japão e a gigante Itochu Corporation operarão a base de produção do fabricante americano de semicondutores Onsemi (ON Semiconductors), na cidade de Ojiya (Niigata). Anteriormente era da Sanyo e foi vendida para a empresa americana com sede em Arizona, em 2011.

Embora não tenha sido divulgado o valor da aquisição, a informação é de que serão mantidos os funcionários e que serão feitos investimentos para a aquisição dos mais modernos equipamentos de produção

Espera-se que a demanda pelos semicondutores de potência, importantes para conversão eficiente de eletricidade em energia, aumente com o desenvolvimento dos veículos elétricos (VE) e também na energia renovável. 

É raro um fundo de investimentos doméstico adquirir uma indústria de semicondutores, mas espera expandir a demanda fortalecendo a produção doméstica e também aumentar a competitividade.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros