Fundo de investimento nacional adquire indústria americana de semicondutores no Japão

A indústria de semicondutores americana foi vendida para um grupo de fundo de investimento do Japão, com perspectiva de aumento de produção.

Imagem meramente ilustrativa de semicondutores (Wikimedia)

Com a finalidade de fortalecer a produção de semicondutores de potência (power semiconductors), cuja demanda deve aumentar com o desenvolvimento dos veículos elétricos (VE), um fundo de investimentos, incluindo o Banco de Desenvolvimento do Japão, comprou uma base de produção e começou a investir nela.  

Publicidade

De acordo com o anúncio, a empresa japonesa Mercuria Investment, mais o Banco de Desenvolvimento do Japão e a gigante Itochu Corporation operarão a base de produção do fabricante americano de semicondutores Onsemi (ON Semiconductors), na cidade de Ojiya (Niigata). Anteriormente era da Sanyo e foi vendida para a empresa americana com sede em Arizona, em 2011.

Embora não tenha sido divulgado o valor da aquisição, a informação é de que serão mantidos os funcionários e que serão feitos investimentos para a aquisição dos mais modernos equipamentos de produção

Espera-se que a demanda pelos semicondutores de potência, importantes para conversão eficiente de eletricidade em energia, aumente com o desenvolvimento dos veículos elétricos (VE) e também na energia renovável. 

É raro um fundo de investimentos doméstico adquirir uma indústria de semicondutores, mas espera expandir a demanda fortalecendo a produção doméstica e também aumentar a competitividade.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Suíça quebra recorde com trem de passageiros mais longo do mundo

Publicado em 2 de novembro de 2022, em Notícias do Mundo

A jornada recorde única foi organizada pela Rhaetian Railway e levou 1 hora.

O trem de passageiros de 1.910Km viajou pela rota Albula/Bernina(YouTube/Euronews)

Uma companhia ferroviária da Suíça quebrou o recorde com o trem de passageiros mais longo do mundo no sábado (29) como parte das celebrações do 175º aniversário das ferrovias do país.

Publicidade

O trem foi formado por 4.550 assentos em 100 vagões.

A jornada recorde únicafoi organizada pela Rhaetian Railway e levou 1 hora. Entusiastas ferroviários se alinharam no vale para ver o trem em seu caminho de cerca de 25Km pelos Alpes.

O trem de passageiros de 1.910Km viajou pela rota Albula/Bernina, Patrimônio Mundial da UNESCO, de Preda para Alvaneu e pelo viaduto de Landwasser.

Ela é considerada uma das rotas de trem mais espetaculares no mundo graças a suas paisagens alpinas.

A tentativa de recorde mundial foi organizada para celebrar o 175º aniversário das ferrovias suíças, mas também para mostrar ao mundo a beleza das jornadas de trem do país, de acordo com Renato Fasciati, CEO da Rhaetian Railway.

E com quase 2Km de extensão, a comunicação no trem era crucial, mas difícil. Um telefone de campo foi instalado e 7 maquinistas e 21 técnicos trabalharam no trem para garantir que tudo corresse bem.

O trem será desmontado em partes separadas e elas serão usadas para tráfego regular.

Fonte: Euronews

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros