Oficial da Força de Autodefesa preso por ato libidinoso

Um oficial da base aérea de Gifu foi preso por ato libidinoso contra uma mulher que arrastou para molestá-la na área de um templo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem meramente ilustrativa de viatura da polícia (Wikimedia)

Segundo informações de quinta-feira (24) da polícia, o oficial da Força de Autodefesa, 山口祐也, 34 anos, foi preso como suspeito de ato libidinoso, cuja vítima foi uma mulher de 18 anos.

Publicidade

Ele teria arrastado a jovem para as dependências de um templo budista em Inuyama (Aichi), na noite de 28 de outubro, quando tocou o corpo dela forçosamente, no busto e nas nádegas.

Segundo a polícia, os dois não se conheciam, a vítima não teve lesões corporais e o agressor sexual foi localizado após denúncia dela.

O oficial pertence à base da Força de Autodefesa Aérea de Gifu e, segundo informações, ele serviu normalmente durante o dia. Não há informação se ele assumiu ou não esse crime.

“Cooperaremos totalmente com a investigação policial e lidaremos estritamente, com base nos fatos que serão revelados no futuro”, declarou um porta-voz da base aérea.

Fontes: CTV, Tokai TV e Nagoya TV

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Rússia traz de volta marca de carro da era soviética após sanções

Publicado em 25 de novembro de 2022, em Notícias do Mundo

A produção do novo Moskvich já está em curso, em meio a um êxodo de montadoras estrangeiras do país.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O modelo Moskvich está sendo produzido em uma fábrica que já foi usada pela montadora francesa Renault (NHK)

A Rússia está trazendo de volta uma marca de carro da era soviética. A produção do novo Moskvich já está em curso, em meio a um êxodo de montadoras estrangeiras do país.

Publicidade

O modelo está sendo produzido em uma fábrica que já foi usada pela montadora francesa Renault.

O prefeito de Moscou, Sergey Sobyanun, aclamou o reaparecimento da marca como um evento histórico, manifestando esperança de uma nova era de fabricação de carros russos.

A marca Moskvich foi aposentada há duas décadas.

Mas o novo modelo não parece ser de produção totalmente nacional. Muitas de suas peças ostentam o nome de uma companhia chinesa.

Sanções do Ocidente que vieram em resposta à invasão russa colocaram freios em uma grande parte da indústria de automóveis local.

O jornal russo Kommersant diz que o mercado encolheu em cerca de 60% neste ano comparado a 2021.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância