Polícia do Japão lançará sistema unificado online para itens achados e perdidos

Buscas por itens perdidos perdidos em qualquer lugar no Japão poderão ser feitas online através do site da Agência Nacional de Polícia.

Carteira caída no chão (ilustrativa/banco de imagens)

A polícia japonesa planeja desenvolver uma base de dados unificada de achados e perdidos até março de 2027, a qual permitirá que usuários busquem online itens perdidos em qualquer lugar no país, disse em 10 de novembro a Agência Nacional de Polícia (ANP).

Publicidade

Sob o novo sistema, departamentos da polícia a nível nacional poderão registrar detalhes de propriedade perdida, assim como data, horário e local onde foi encontrada.

Donos de itens perdidos podem então ter acesso ao sistema através do site da ANP para buscar entre propriedade perdida registrada em vários departamentos. Atualmente, se um item é perdido enquanto se viaja por províncias, o dono deve entrar em contato com o departamento de polícia em cada local.

A digitalização da comunicação de achados e perdidos não mudará procedimentos para entrega em delegacias pessoalmente de um item perdido, de acordo com a  ANP.

O sistema deve ser lançado em nível nacional até março de 2027.

Houve 3.565.907 relatos de propriedade perdida feitos à polícia em nível nacional no ano de 2021.

Fonte: Japan Today

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Novo tufão, o 24.º do ano

Publicado em 12 de novembro de 2022, em Tempo

Surgiu um novo tufão no Oceano Pacífico, o primeiro do mês de novembro.

Novo tufão anunciado pela AMJ

Às 21h30 de sábado (12) a Agência de Meteorologia do Japão (AMJ) anunciou a formação do 24.º tufão do ano, meia hora antes.

Publicidade

O nome atribuído foi Yamaneko, pelo Japão, retirado de uma constelação homônima.

O Yamaneko está com 1.006hPa, perto da Ilha Wake (Estados Unidos), no Pacífico Norte e se desloca a 10km/h.

A previsão da AMJ é que o 24.º tufão se mova para o norte sobre o mar a leste do Japão e se transforme em um ciclone extratropical na terça-feira (15).  

Como está bem distante do arquipélago japonês, não causará impacto.

Este é o primeiro tufão de novembro, quando a média anual é de 2,2. Vale lembrar que em setembro foram 7 e em outubro 5, acima da média anual de 5 e 3,4, respectivamente.

Fontes: AMJ e Weather News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros