Terremoto na Indonésia: 151 desaparecidos e 268 mortes

O terremoto ocorrido em Java causou vítimas fatais e feridos, derrubou milhares de casas e mais de 50 mil pessoas estão em abrigos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Casa destruída pelo terremoto (Kompas TV via JNN)

O governo indonésio anunciou na terça-feira (22) que um total de 268 pessoas foram confirmadas como mortas no terremoto ocorrido na ilha de Java na segunda-feira (21). Embora o abalo sísmico tenha sido moderado, de magnitude 5,6, causou queda de edificações. 

Publicidade

As equipes de resgate ainda estão procurando por 151 pessoas desaparecidas, por isso, o número de mortes pode aumentar. A mídia local informou que 40 crianças estavam entre os mortos.

Segundo informações das autoridades locais, mais de 2,7 mil casas e edifícios sofreram danos.

A Agência Nacional de Gestão de Desastres da Indonésia informou que são 1.083 pessoas feridas. Há pelo menos 58 mil pessoas evacuadas.

O presidente da Indonésia, Joko Widodo, que visitou o local na terça-feira, deu prioridade máxima ao resgate das pessoas e instruiu a acelerar a abertura de estradas cortadas por deslizamentos de terra que dificultam as atividades de resgate. 

Na terça-feira, o primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, enviou mensagem de condolências às famílias enlutadas e solidariedade ao governo indonésio. “Não pouparemos o apoio e a cooperação necessários”, declarou Kishida.

Casa destruída pelo terremoto (BPBD via JNN)

Fontes: NHK e JNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Irã pode atacar a Copa do Mundo, diz chefe de segurança de Israel

Publicado em 23 de novembro de 2022, em Notícias do Mundo

O major-general Aharon Haliva disse que o regime no Teerã estava ‘considerando’ a medida para desestabilizar a região e desviar a atenção do tumulto no país.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A Copa do Mundo da FIFA 2022 está sendo realizada no Catar (banco de imagens)

O chefe do Diretório de Inteligência Militar das Forças de Defesa de Israel afirmou que o Irã poderia atacar a Copa Mundial da FIFA 2022 no Catar em que sua equipe nacional está atualmente participando.

Publicidade

O major-general Aharon Haliva disse que o regime no Teerã estava “considerando” a medida em uma tentativa de desestabilizar a região e desviar a atenção do tumulto no país após protestos disseminados contra o governo que deixaram centenas de mortos e cerca de 14 mil pessoas na cadeia.

Em um discurso na conferência do Instituto para Estudos de Segurança Nacional em Tel Aviv, Haliva disse: “Estou dizendo para vocês que os iranianos estão agora considerando atacar a Copa do Mundo também”.

“A Copa do Mundo provavelmente será um desses eventos em que ele tenta causar instabilidade”, divulgou o The Time of Israel citando Haliva.

Os protestos a nível nacional no Irã contra o regime surgiram após a morte da mulher curda de 22 anos, Mahsa Amini, enquanto sob custódia da polícia da moral do país, que a deteve por usar um hijab de forma inapropriada.

“Nesse estágio, eu não vejo risco ao regime, mas como a pressão sobre o Irã aumenta, incluindo pressão interna, a resposta iraniana é muito mais agressiva, então devemos esperar repostas muito mais agressivas na região e no mundo”, acrescentou Haliva.

O Irã perdeu sua partida de abertura na segunda-feira (21) de 6 a 2 para a Inglaterra, em um jogo mirado em controvérsia após seus jogadores terem se recusado a cantar o hino nacional iraniano em um protesto silencioso contra a situação no país.

Fonte: Arab News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância