Três fortes terremotos estremecem Chile

Ocorreu uma sequência de terremotos no Chile, sendo que dois deles foram de magnitude 6,2.

O ponto vermelho indica o epicentro dos terremotos no Chile (Google Maps)

Os movimentos telúricos ocorridos na região da Araucanía, no Chile, ocorreram com poucos minutos de diferença e marcaram entre 6,2 e 5,2 de magnitude.

Publicidade

O terremoto de magnitude 6,2 ocorreu às 11h24 no horário de Tóquio, no domingo (13) e 23h24 de sábado (12) no Chile. Esses abalos sísmicos causaram danos à infraestrutura e até segunda-feira (14) não há notícias de vítimas.

Os três movimentos telúricos ocorreram com poucos minutos de diferença, e marcaram 6,2, depois 5,2 e quase um minuto depois 6,2, segundo as medições do centro sismológico da Universidade do Chile.

O alerta de tsunami não foi disparado na província de Bío Bío, localizada a mais de 500 quilômetros ao sul de Santiago do Chile.

O portal de notícias Bío Bío Chile informou que “pelo menos oito terremotos foram sentidos na noite de sábado e no início de domingo, entre as regiões de Maule e Los Ríos”.

Os terremotos causaram quedas de energia ao longo da costa de Lebu e grande parte de Concepción, além de pequenos danos a edifícios e outras infraestruturas, acrescentou a Bío Bío Chile.

O Chile está localizado na zona sudeste do Anel de Fogo do Pacífico, a zona mais sísmica do mundo, e sofre com centenas de pequenos movimentos telúricos devido à subducção da placa de Nazca sob a placa sul-americana.

Fontes: News Digest, DW e El Comercio

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Fim de semana: números de testados positivo sobem

Publicado em 14 de novembro de 2022, em Sociedade

No sábado e domingo os totais foram superiores aos mesmos dias da semana passada.

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 79.486 testados positivo para o novo coronavírus no sábado (12) e 68.894 no domingo (13), aumentando a soma cumulativa para 23.178.710 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

Nos aeroportos foram 5 passageiros, totalizando 22.469 nesta epidemia.

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Tóquio: 6.962
  2. Hokkaido: 5.658
  3. Kanagawa: 4.452
  4. Aichi: 3.837
  5. Saitama: 3.656

São 232 pacientes em estado grave, em tratamento da covid no país, tanto na UTI quanto necessitando de ventilação mecânica. Houve um aumento de 14 no sábado e 8 no domingo.

O domingo teve 67 óbitos pela covid, elevando a soma cumulativa para 47.579 mortes nesta epidemia.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão.

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 5.658
Tohoku
Aomori 735
Iwate 720
Miyagi 2.193
Akita 640
Yamagata 1.050
Fukushima 1.628
Kanto
Ibaraki 1.900
Tochigi 1.195
Gunma 1.294
Saitama 3.656
Chiba 2.633
Tóquio 6.922
Kanagawa 4.452
Hokuriku
Niigata 1.443
Toyama 575
Ishikawa 698
Fukui 591
Koshin
Yamanashi 619
Nagano 2.698
Tokai
Gifu 1.424
Shizuoka 1.753
Aichi 3.877
Mie 1.099
Kinki
Shiga 650
Quioto 910
Osaka 3.269
Hyogo 2.311
Nara 561
Wakayama 480
Chugoku
Tottori 334
Shimane 417
Okayama 1.056
Hiroshima 2.629
Yamaguchi 528
Shikoku
Tokushima 369
Kagawa 467
Ehime 608
Kochi 200
Kyushu
Fukuoka 1.914
Saga 355
Nagasaki 493
Kumamoto 620
Oita 396
Miyazaki 263
Kagoshima 410
Okinawa 201
TOTAL GERAL 68.894
Fontes: MHLW e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros