Vendas de Ferraris, Lamborghinis e outros supercarros aumentam no Japão

Mudança global para elétricos está espalhando interesse em supercarros e o som de seus motores,

Uma Lamborghini Sian em Motor Show na Alemanha, 2019 (ilustrativa/banco de imagens)

Ferraris, Lamborghinis e outros supercarros estão passando por um auge de vendas sem precedentes no Japão, alimentadas pela demanda reprimida, pós-lockdown da Covid de compradores afortunados, os quais também veem os veículos como bons investimentos em meio a um iene fraco e aumento dos preços dos carros usados.

Publicidade

Novos registros de automóveis que custam mais de ¥20 milhões (US$136 mil) aumentaram 64%, para 5.462 veículos, de janeiro a outubro em comparação ao mesmo período do ano passado, quando novos registros também aumentaram, 75%, mostram dados da Associação de Importadores de Automóveis do Japão.

Apesar desses ganhos, as vendas totais de carros importados caíram 11%, para 193.026 unidades, durante o mesmo período deste ano.

Após mais de 2 anos de restrições relacionadas à Covid, motoristas estão gastando mais dinheiro em carros novos, enquanto a mudança global para elétricos está espalhando interesse em supercarros e o som de seus motores, de acordo com Yasuhiro Suyama, presidente da Associação de Supercarros do Japão.

Registros de supercarros também refletem alguns pedidos que foram feitos há um tempo, disse Ken Miyao, analista na companhia de pesquisa de veículos Carnorama.

Enquanto os preços aumentarão devido à inflação e ao iene mais fraco, “o número de pessoas que quer comprar está aumentando, e a demanda por supercarros não diminuirá”, disse ele.

A renda dos ricos também está em alta, apesar de uma desaceleração na atividade econômica, de acordo com a Tokyo Shoko Research.

O número de executivos de companhias com remuneração de mais de ¥100 milhões aumentou 22% para 663 pessoas durante o ano fiscal até março, de acordo com a empresa.

É melhor investir em carrose ultraluxuosos pelo seu valor de revenda do que guardar dinheiro”, disse Miyao.

Fonte: Bloomberg

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Brasileiro de Shizuoka é preso de novo por fraude de venda de imóvel

Publicado em 9 de novembro de 2022, em Sociedade

O brasileiro já tinha sido preso antes e agora com outra denúncia, recebeu a 2.ª ordem de prisão pelo mesmo motivo de vender um imóvel que não lhe pertence.

Imagem meramente ilustrativa de viatura da polícia (Wikimedia)

Na terça-feira (8), a Delegacia de Polícia de Kakegawa (Shizuoka) informou que prendeu novamente um brasileiro de 39 anos, o qual trabalha com reforma, residente em Mitsumata, mesma cidade, como suspeito de fraude, por outra denúncia.

Publicidade

Segundo a polícia, ele postava informações de terrenos e casas à venda nas redes sociais, embora não fosse o dono, e teria feito um contrato com uma brasileira de Toyohashi (Aichi), 35 anos.

Recebeu dela o valor de 2 milhões de ienes, no período de janeiro a agosto deste ano, de forma fraudulenta.

Esse brasileiro cujo nome não foi divulgado, foi preso pela primeira vez em 11 de outubro, pela mesma suspeita de fraude, usando o mesmo método da venda de imóvel que não lhe pertence, a um compatriota que reside em Iwata (Shizuoka), o qual também pagou 2 milhões de ienes. 

Fonte: Shizuoka Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros