Empresas japonesas são prejudicadas pela propagação da Covid na China

A embaixada japonesa em Pequim diz que muitos funcionários de empresas japonesas na China estão testando positivo e instruídos a trabalhar de casa.

Vista da cidade de Pequim, na China (banco de imagens)

A China vem registrando um rápido aumento no número novos casos de coronavírus em todo o país desde o relaxamento da política de contenção da covid-19 do governo em 7 de dezembro.

Publicidade

A embaixada japonesa em Pequim diz que muitos funcionários de empresas japonesas na China estão testando positivo e instruídos a trabalhar de casa. Mais companhias vêm operando em capacidades menores.

Autoridades da saúde em Qingdao, na província de Shandong, estimaram na sexta-feira (23) que os números de novas infecções vêm aumentando entre 490.000 e 530.000 pessoas por dia.

A cidade no leste da China é lar para muitas empresas japonesas.

O chefe do escritório da Organização de Comércio Externo do Japão em Qingdao, Akinobu Yoshikawa, disse à NHK que o vírus começou a se espalhar rapidamente em torno de 16 de dezembro.

Segundo Yoshikawa, há muitas empresas japonesas que estão vendo de 30 a 40 por cento de sua força de trabalho testando positivo.

A produção em algumas empresas caiu em cerca da metade, embora elas estejam tentando manter operações com os trabalhadores que elas têm.

A embaixada japonesa diz que algumas empresas reportaram que seus funcionários estão retornando aos escritórios enquanto infecções por coronavírus provavelmente atingiram o pico em Pequim.

O Centro Chinês de Prevenção e Controle de Doenças anunciou que novos casos de covid-19 a nível nacional chegaram a 2.637 no domingo (25).

O centro diz que casos confirmados na província de Zhejiang foram de apenas 19, um número extremamente baixo comparado a 1 milhão de novos casos por dia reportados por autoridades da saúde na província no dia anterior.

Na província de Shandong o número de casos foi de 21. O número divulgado pelo centro também mostra discrepâncias com os casos diários pelas autoridades da saúde em Qingdao na província na sexta-feira passada.

O número de mortes anunciado pelo centro totalizou menos de 10 neste mês, sem nenhum óbito reportado entre 20 e 25 de dezembro.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Número recorde de professores no Japão tirou licença por problemas de saúde mental

Publicado em 27 de dezembro de 2022, em Sociedade

No último ano acadêmico, 5,9 mil professores de escolas públicas no Japão tiraram licença por depressão e outros problemas de saúde mental.

Ilustrativa (banco de imagens)

O Ministério da Educação diz que um recorde de aproximadamente 5,9 mil professores de escolas públicas tirou licença por depressão e outros problemas de saúde mental no último ano acadêmico.

Publicidade

Segundo o ministério, 5.987 professores tiraram licença no ano até março de 2022, o que significa alta de 13% em comparação ao ano anterior.

Deles, 2.937 estavam trabalhando em escolas públicas do primário, 1.415 no ginásio, 742 no colegial e 772 em escolas de necessidade especial.

Os professores que tiraram licença contaram por 0.64 por cento do total a nível nacional.

Por idade, professores na faixa dos 30 anos formaram o maior grupo, com 1.671, seguido por aqueles na faixa dos 50 anos a 1.552, e aqueles na faixa dos 40 anos, a 1.478.

Além disso, o Ministério da Educação diz que outros 5.047 professores de escolas públicas estavam ausentes do trabalho há mais de 1 mês por problemas de saúde mental, embora não tivessem tirado licença por doença.

No total, mais de 10 mil professores não estavam presentes nas escolas.

O funcionário do ministério, Shozo Horino, diz que a pandemia de coronavírus aumentou a quantidade de trabalho que exigia decisões difíceis, como a realização ou não de eventos escolares.

Horino diz que isso pode ser uma das razões para o número recorde de professores de licença.

Ele diz que o ministério estudará maneiras de oferecer mais suporte aos docentes que estão passando por dificuldades, como assistência de consulta a fim de ajudá-los nas tomadas de decisões.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros