Japão exigirá testes de Covid para todos que vierem da China, diz primeiro-ministro

O número de novos casos de coronavírus voltou a aumentar rapidamente na China. Aqueles que testarem positivo na chegada ao Japão serão colocados em quarentena por 7 dias em princípio.

Um teste rápido de antígeno (ilustrativa/banco de imagens)

O primeiro-ministro, Fumio Kishida, disse na terça-feira (27) que o Japão intensificará medidas de controle de fronteira para viajantes que vierem da China, visto que o número de novos casos de coronavírus aumentou rapidamente no país.

Publicidade

O Japão exigirá que viajantes originários da China continental e aqueles que a visitaram dentro de 7 dias que realizem um teste de covid-19 quando chegarem na país, com início na sexta-feira (30), disse Kishida aos repórteres.

Aqueles que testarem positivo para coronavírus serão colocados em quarentena por 7 dias em princípio.

Além disso, planos para aumentar voos de e para a China serão limitados, disse Kishida.

As ações ocorrem após a China ter dito na segunda-feira (26) que reabrirá suas fronteiras em 8 de janeiro e abandonará medidas de quarentena que estavam em vigor para impedir a propagação do vírus.

“Preocupação vem crescendo no Japão, visto que é difícil abranger a situação detalhada” na China,  disse Kishida, citando uma lacuna no número de casos do vírus divulgados pelo governo e o setor privado.

Fonte: Mainichi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

China reabrirá fronteiras, abandona quarentena da Covid a partir de janeiro

Publicado em 27 de dezembro de 2022, em Ásia

Lockdowns, isolamento e quarentena não serão mais exigidos.

Aeroporto Internacional de Pequim (banco de imagens)

A China reabrirá fronteiras e abandonará medidas de quarentena destinadas a impedir a propagação do coronavírus em 8 de janeiro, removendo as últimas restrições sob sua rigorosa política “Covid zero”, divulgou na segunda-feira (26) o site South China Morning Post.

Publicidade

O jornal de Hong Kong citou três fontes de autoridades da saúde das províncias de Guangdong, Fujian e Jiangsu dizendo que foram solicitadas pela Comissão Nacional de Saúde da China no domingo (25) a se prepararem para rebaixar níveis de gestão da covid-19, o que significa que lockdowns, isolamento e quarentena não serão mais exigidos.

Pequim relaxou de forma significativa suas rigorosas medidas antivírus em 7 de dezembro após a onda de frustração pública em raros protestos a nível nacional.

Desde março de 2020, todos os passageiros que chegavam ao país precisavam passar por pelos menos 2 semanas de quarentena centralizada obrigatória, que depois aumentou para 3 semanas.

As medidas interromperam de forma signiticativa o turismo internacional e viagens de negócios, prejudicando ainda mais a economia do país arrasada pela Covid.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros