Número recorde de professores no Japão tirou licença por problemas de saúde mental

No último ano acadêmico, 5,9 mil professores de escolas públicas no Japão tiraram licença por depressão e outros problemas de saúde mental.

Ilustrativa (banco de imagens)

O Ministério da Educação diz que um recorde de aproximadamente 5,9 mil professores de escolas públicas tirou licença por depressão e outros problemas de saúde mental no último ano acadêmico.

Publicidade

Segundo o ministério, 5.987 professores tiraram licença no ano até março de 2022, o que significa alta de 13% em comparação ao ano anterior.

Deles, 2.937 estavam trabalhando em escolas públicas do primário, 1.415 no ginásio, 742 no colegial e 772 em escolas de necessidade especial.

Os professores que tiraram licença contaram por 0.64 por cento do total a nível nacional.

Por idade, professores na faixa dos 30 anos formaram o maior grupo, com 1.671, seguido por aqueles na faixa dos 50 anos a 1.552, e aqueles na faixa dos 40 anos, a 1.478.

Além disso, o Ministério da Educação diz que outros 5.047 professores de escolas públicas estavam ausentes do trabalho há mais de 1 mês por problemas de saúde mental, embora não tivessem tirado licença por doença.

No total, mais de 10 mil professores não estavam presentes nas escolas.

O funcionário do ministério, Shozo Horino, diz que a pandemia de coronavírus aumentou a quantidade de trabalho que exigia decisões difíceis, como a realização ou não de eventos escolares.

Horino diz que isso pode ser uma das razões para o número recorde de professores de licença.

Ele diz que o ministério estudará maneiras de oferecer mais suporte aos docentes que estão passando por dificuldades, como assistência de consulta a fim de ajudá-los nas tomadas de decisões.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Segunda-feira: 77 mil novos casos de coronavírus no Japão

Publicado em 26 de dezembro de 2022, em Sociedade

Embora o aumento em relação à segunda-feira passada não tenha sido elevado, na média semanal, sim, pois foi de 122%.

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 77.256 testados positivo para o novo coronavírus na segunda-feira (26), aumentando a soma cumulativa para 28.343.661 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

Nos aeroportos foram 2 passageiros, totalizando 22.649 nesta epidemia.

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Tóquio: 8.428
  2. Kanagawa: 5.988
  3. Osaka: 4.549
  4. Hiroshima: 4.382
  5. Saitama: 3.605

São 563 pacientes em estado grave, em tratamento da covid no país, tanto na UTI quanto necessitando de ventilação mecânica, 7 a mais do que no dia anterior.

O dia teve 217 óbitos pela covid, elevando a soma cumulativa para 55.542 mortes nesta epidemia.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão.

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 2.128
Tohoku
Aomori 592
Iwate 638
Miyagi 1.778
Akita 323
Yamagata 329
Fukushima 996
Kanto
Ibaraki 3.515
Tochigi 927
Gunma 1.001
Saitama 3.605
Chiba 3.195
Tóquio 8.428
Kanagawa 5.988
Hokuriku
Niigata 1.121
Toyama 413
Ishikawa 478
Fukui 475
Koshin
Yamanashi 589
Nagano 1.060
Tokai
Gifu 1.397
Shizuoka 2.712
Aichi 2.706
Mie 2.317
Kinki
Shiga 684
Quioto 816
Osaka 4.549
Hyogo 3.242
Nara 589
Wakayama 948
Chugoku
Tottori 502
Shimane 406
Okayama 1.733
Hiroshima 4.382
Yamaguchi 1.203
Shikoku
Tokushima 258
Kagawa 678
Ehime 1.018
Kochi 386
Kyushu
Fukuoka 2.721
Saga 504
Nagasaki 686
Kumamoto 1.350
Oita 1.247
Miyazaki 1.023
Kagoshima 1.221
Okinawa 399
TOTAL GERAL 77.256

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros