Taxa de aprovação do governo de Kishida vai a baixa recorde de 35%

O suporte para o Gabinete diminuiu por 7 meses consecutivos desde o pico de 66% em maio.

Fumio Kishida assumiu o cargo de primeiro-ministro em outubro de 2021 (banco de imagens)

A taxa de aprovação para o Gabinete do primeiro-ministro Fumio Kishida caiu para 35%, a mais baixa em registro, mesmo com sua ação para aumentar as capacidades de defesa da nação ter recebido amplo suporte público, revela a mais recente pesquisa a Nikkei-TV Tokyo.

Publicidade

O suporte público diminuiu 2 pontos percentuais dos 37% de novembro na pesquisa, conduzida de sexta-feira (22) a domingo (25).

Ao mesmo tempo, 60% dos entrevistados disseram que apoiavam a decisão do governo em adquirir “capacidades de contra-ataque” para atingir bases de mísseis inimigas, bem acima dos 31% que se opuseram à medida.

O suporte para o Gabinete diminuiu por 7 meses consecutivos desde o pico de 66% em maio. O número de dezembro foi o mais baixo desde outubro de 2021 quando Kishida assumiu o cargo.

A porcentagem daqueles que não apoiam o Gabinete aumentou 2 pontos percentuais, para 57%. A desaprovação excedeu a marca de 50% por 2 meses consecutivos e ultrapassou a taxa de aprovação pelo 4º mês consecutivo.

Em suas razões para apoiar o Gabinete, 36% disseram que é porque o Gabinete é formado em sua maioria por membros do Partido Liberal Democrático, seguido por 23% citando “confiança”.

Dentre aqueles que se opuseram ao Gabinete, 40% citaram má política e 39% culparam uma “falta de liderança”.

Fonte: Asia Nikkei

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Onda de frio extremo deixa dezenas de mortos na América do Norte

Publicado em 26 de dezembro de 2022, em Notícias do Mundo

Tempestade de inverno causa interrupção generalizada por toda a América do Norte.

Mais de 55 milhões de americanos continuavam sob alertas de frio congelante no domingo, 25 de dezembro (NHK)

Pelo menos 38 mortes agora foram ligadas a uma severa frente ártica que continua a afetar os EUA e Canadá.

Publicidade

Autoridades dizem que 34 pessoas morreram nos EUA, com a pior área atingida sendo a cidade de Buffalo, no estado de Nova Iorque.

Quatro mortes ocorreram no Canadá quando um ônibus deslizou em uma estrada congelada na cidade de Merritt, na província da Colúmbia Britânica, no oeste do país.

A tempestade causou destruição por dias, mas a energia vem sendo restaurada de forma estável após apagões anteriores.

Milhares de voos foram cancelados, impedindo que muitas pessoas visitasse suas famílias no Natal.

Mais de 55 milhões de americanos continuavam sob alertas de frio congelante no domingo (25).

O alcance das condições de nevasca foi sem precedentes, se estendendo do Canadá até o Texas, nos EUA, no sul.

A tempestade de inverno chamada de “ciclone bomba”, que ocorre quando a pressão atmosférica cai, causando neve e ventania, interrompeu viagens por todo o país.

Fonte: BBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros