Japão confirma mais um caso de varíola dos macacos

Na quinta-feira foi confirmado mais um paciente infectado com varíola dos macacos.

Vírus monkeypox causador da varíola dos macacos (Wikimedia)

O governo da província de Chiba anunciou na quinta-feira (26) a confirmação de mais um caso de varíola dos macacos no país.

Publicidade

Trata-se de um homem, na faixa dos 40 anos, cujo nome e outros dados pessoais não foram divulgados. É residente na província de Chiba, o qual não tem histórico de viagens ao exterior. 

Desde 14 deste mês apresentou quadro febril com temperatura acima dos 39ºC. Realizado o teste, o resultado saiu na quarta-feira (24). Ele apresenta sintomas típicos como febre e erupções cutâneas, além de outros. Está internado para tratamento em uma instituição médica fora de Chiba e os sintomas da varíola dos macacos já diminuíram.

Com essa confirmação da infecção pelo vírus monkeypox, sobe para 11 o total de pessoas infectadas no Japão. 

Fontes: News Digest e NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Polícia do Japão está à procura de pessoa que enviou ameaças de bomba e morte a escolas

Publicado em 26 de janeiro de 2023, em Sociedade

As ameaças foram enviadas por fax a escolas do ensino médio e universidades no início desta semana de um número registrado em Tóquio.

Sala de aula (ilustrativa/banco de imagens)

A polícia japonesa está à procura de uma pessoa que enviou ameaças de bomba e morte a centenas de escolas, levando a fechamentos apressados.

Publicidade

As ameaças foram enviadas por fax a escolas do ensino médio e universidades no início desta semana de um número registrado em Tóquio.

Nenhum explosivo foi encontrado em prédios de escolas, de acordo com a polícia, e não houve relatos de ataques contra estudantes e funcionários até agora.

Ameaças de bomba são raras no Japão, que é conhecido por sua baixa taxa de criminalidade.

A primeira onda de mensagens começou na segunda-feira (23), chegando a escolas e universidades em todo o país. Em uma província, Saitama, mais de 170 escolas receberam ameaças de bomba, disseram autoridades.

A mídia local divulgou que uma mensagem afirmava que mais de 330 bombas haviam sido plantadas.

Algumas reportagens disseram que as mensagens exigiam quantias que variavam de ¥300 mil a ¥3 milhões.

Na terça-feira (24), mensagens que ameaçavam matar estudantes e professores com armas de fabricação caseira foram enviadas do mesmo número a escolas do ensino médio em várias províncias incluindo Osaka, Saitama e Ibaraki.

As ameaças viram muitas escolas no Japão fechando as portas como precaução, embora a maioria tenha reaberto nesta quinta-feira (26).

Máquinas de fax ainda são comumente usadas no Japão.

Fonte: BBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros