Loja de departamento popular em Tóquio fecha as portas após 55 anos

O fechamento da loja de 55 anos faz parte de um projeto de redesenvolvimento em andamento no distrito de Shibuya, Tóquio.

O fechamento da loja de 55 anos faz parte de um projeto de redesenvolvimento (NHK)

Uma popular loja de departamento do distrito de Shibuya (Tóquio) está fechando suas portas para sempre nesta terça-feira (31).

Publicidade

O fechamento da loja de 55 anos faz parte de um projeto de redesenvolvimento em andamento no distrito de Shibuya.

A loja estandarte da Tokyu Department Store Company serviu como símbolo de Shibuya desde sua abertura em 1967. Ela ostenta uma ampla coleção de itens luxuosos para agradar residentes afortunados de bairros vizinhos e outros compradores.

Junto com o complexo adjacente Bunkamura, que foi aberto em 1989, a loja também foi reconhecida como o centro de cultura de alta tecnologia e moda.

Se tudo ocorrer como o planejado, um novo complexo de 36 andares com 4 no subsolo será construído no local no ano fiscal de 2027. O novo prédio abrigará lojas e um hotel de alta gama.

A companhia planeja aumentar o número de itens sendo vendidos em outras lojas nas proximidades e intensificar operações de comércio online para compensar o fechamento.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Sony transfere 90% de sua produção de câmeras para fora da China

Publicado em 31 de janeiro de 2023, em Ásia

A Sony usará sua planta na China para produzir câmeras vendidas apenas no mercado doméstico, enquanto aquelas para outras regiões serão fabricadas na Tailândia e nos EUA.

Uma câmera da Sony (ilustrativa/banco de imagens)

A Sony moveu sua produção de câmeras vendidas nos EUA, Japão, Austrália e Europa para fora da China, enquanto ela continua a diminuir a dependência de suas fábricas na região.

Publicidade

A companhia japonesa está agindo da mesma forma que a Apple em apoiar suas instalações em outras partes do mundo, seguindo mais de 2 anos de interrupções conduzidas pela pandemia na China que ameaçou derrubar toda a indústria da tecnologia.

A Sony usará sua planta na China para produzir câmeras vendidas apenas no mercado doméstico, enquanto aquelas para outras regiões serão fabricadas na Tailândia e nos EUA.

A companhia começou a transferir a produção de câmeras destinadas aos EUA, Japão e Europa no início da pandemia, com sua conclusão no fim do ano passado.

Visto que a Sony vendeu 2.11 milhões de câmeras em 2022, com apenas 150 mil dessas na China, isso significa que mais de 93% de sua produção está agora centrada na Tailândia.

Sobre a transferência de produção, a Sony disse que “continua a focar no mercado da China e não tem planos de sair do país”.

Fonte: Channel News Au

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Empregos no Japão - HUMAN