Taiwan ‘poderá ser a próxima Ucrânia’, diz primeiro-ministro japonês para o G7

Fumio Kishida disse ao G7 que a Ásia Oriental poderia se tornar a próxima Ucrânia dada a crescente agressão chinesa contra Taiwan e atividades militares da Coreia do Norte.

China e Taiwan em destaque no mapa (ilustrativa/banco de imagens)

O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, disse a países ocidentais que a Ásia Oriental poderia se tornar a próxima Ucrânia dada a crescente agressão chinesa contra Taiwan e atividades militares da Coreia do Norte.

Publicidade

Em sua primeira viagem a Washington desde sua eleição em outubro de 2021, Kishida visitou líderes dos países membros do G7, com exceção da Alemanha.

A situação em torno do Japão está se tornando cada vez mais graves com tentativas de mudar unilateralmente o status quo por força no Mar do Leste da China e no Mar do Sul da China e a ativação das atividades nucleares e de mísseis da Coreia do Norte”, acrescentou ele.

Kishida fez referência à crescente determinação da China em torno de Taiwan. Em agosto do ano passado, 5 mísseis disparados pela China caíram em águas japonesas como parte de grandes exercícios militares em torno de Taiwan.

Embora Taiwan seja uma democracia autônoma desde sua separação da China continental após uma guerra civil em 1949, a China afirma que a ilha faz parte de seu território nacional.

Pequim intensificou suas atividades militares e envia rotineiramente vários aviões e navios de guerra para Taiwan com a intenção de assediar a ilha.

Falando em uma reunião com o presidente dos EUA, Joe Biden, Kishida disse que a aliança entre as duas nações estava mais forte do que nunca após o Japão ter anunciado no mês passado seu maior acúmulo militar desde a 2ª Guerra Mundial.

Fonte: The Independent

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Estrangeiro morre depois do choque entre seu kei e caminhão

Publicado em 16 de janeiro de 2023, em Acidentes

O acidente fatal foi em um cruzamento com boa visibilidade.

Kei usado pelo motorista estrangeiro que morreu (CBC TV)

Por volta das 2h30 de sexta-feira (13), ocorreu uma batida entre um kei e um caminhão-tanque no cruzamento sem semáforo da rodovia em Fuseya, cidade de Ginan (Gifu).

Publicidade

A polícia foi informada do acidente e ao chegar chamou a ambulância para o motorista do kei. Ele foi levado para o hospital, onde morreu cerca de 1 hora depois, pela forte lesão craniana.

Foi identificado como ウィジェトゥンガ・サジャナ・チャルカ, 24 anos, de Sri Lanka, de ocupação desconhecida, residente na cidade de Gifu.

O motorista do caminhão, de 54 anos, funcionário de uma empresa e residente em Anpachi (Gifu), não teve nenhum ferimento.

Segundo a polícia, o local é um cruzamento com boa visibilidade e investigou a causa da colisão.

Esse foi o primeiro acidente de trânsito fatal na província este ano.

Fontes: Gifu Shimbun e CBC TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância