Página excluída do sistema

A página solicitada foi movida ou excluída

Desculpe, a página solicitada foi excluída do sistema... Por diversos motivos, alguns conteúdos são excluídos após algum tempo.

As seções principais do Portal Mie (clique para abrir):

- HOME - página inicial

- NOTÍCIAS DO JAPÃO E DO MUNDO

- EMPREGOS NO JAPÃO

- EVENTOS E FOTOS PORTAL MIE

- MAGAZINE PORTAL MIE

- AGENDA DE EVENTOS

Por favor utilize a busca do Portal Mie para encontrar outros itens com este mesmo tema.

Publicidade

+ lidas agora

> >

--

Shirakawa-go vai aceitar novos residentes

Publicado em 7 de março de 2023, em Sociedade

A ameaça de uma população em declínio fez com que mais residentes locais ficassem preocupados sobre o futuro do local

Shirakawa-go é um local de Patrimônio Mundial da UNESCO em Gifu (banco de imagens)

Residentes de Shirakawa-go, na vila de Shirakawa (Gifu), estão determinados a revisar as regras de meio século da comunidade que proíbem o aluguel de casas tradicionais no local de Patrimônio Mundial, mudando para aceitar pessoas de fora do local como inquilinos.

Publicidade

As regras estão em vigor para preservar a aparência tradicional do local, que está intimamente ligada a suas casas no estilo gassho-zukuri.

Entretanto, a ameaça de uma população em declínio fez com que mais residentes ficassem preocupados sobre o futuro do local e os levou a mudar a política. Inscrições serão abertas primeiro para aqueles que moram perto do local e eventualmente serão disponibilizadas a nível nacional.

Shirakawa-go foi registrada como local de Patrimônio Mundial da UNESCO em 1995.

Atualmente, o distrito de Ogimachi da vila conta com 59 casas no estilo gassho-zukuri, as quais destacam distintos telhados de palha e algumas delas têm 300 anos. Acredita-se que cerca de 300 casas do tipo poderiam ser encontradas no vilarejo antes da 2ª Guerra Mundial, mas o número caiu para aproximadamente 130 até 1971.

Cada vez mais alarmados com a situação, os residentes estabeleceram no mesmo ano uma associação para proteger o ambiente natural do distrito e construções, e compilaram uma carta de residentes baseada nos 3 princípios de “não vender, não alugar e não demolir casas gassho-zukuri”.

Desde então, residentes locais continuaram a proteger as casas com a ajuda de laços de comunidade e parentes.

Entretanto, mais de 30% das cerca de 500 pessoas que moram no distrito têm agora 65 anos ou mais. A população da vila atingiu o pico em 1960 e desde então diminuiu em 80% para cerca de 1,5 mil.

Das cerca de 110 famílias que responderam a uma pesquisa em 2020, 30% disseram que estavam preocupadas sobre terem que manter suas casas. Um proprietário até disse que eles não fariam nada se suas casas degradassem após deixarem a vila.

Sob tais circunstâncias está se tornando cada vez mais difícil para moradores manterem patrulhas que evitam incêndios, um grande problema com as casas gassho-zukkuri.

Para melhorar a situação, a associação decidiu pela primeira vez relaxar um dos 3 princípios e permitir o aluguel de propriedade a terceiros.

Fonte: Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!