Polícia descobre mais furtos de 18 milhões do chefe da quadrilha de brasileiros

O mandante da quadrilha de ladrões brasileiros teve mais 2 crimes incluídos na sua ficha.

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão marca 28 anos do ataque com gás sarin ao metrô de Tóquio

Publicado em 20 de março de 2023, em Sociedade

O ataque ao sistema do metrô de Tóquio matou 14 pessoas e deixou mais de 6 mil feridos.

Imagens de 20 de março de 1995 (NHK)

O Japão marca nesta segunda-feira (20) vinte e oito anos desde o ataque com gás sarin do culto AUM Shinrikyo ao sistema de metrô de Tóquio que matou 14 pessoas e deixou mais de 6 mil feridos, em uma época quando um outro grupo religioso controverso continua a atrair atenção pública após a morte a tiros do ex-primeiro-ministro Shinzo Abe.

Publicidade

Na estação de Kasumigaseki na capital japonesa, funcionários fizeram 1 minuto de silêncio em uma cerimônia às 8h, horário quando o ataque mortal foi lançado em vagões do metrô no dia 20 de março de 1995.

Ao todo, 5 vagões foram atacados simultaneamente em 3 linhas separadas durante o rush da manhã, causando caos nas estações e paralisando a rede de metrô na capital.

O fundador do culto catastrófico, Shoko Asahara, e 12 ex-membros do AUM foram executados por enforcamento no ano de 2018.

Entre os participantes da cerimônia e também levando flores estava Shizue Takahashi, cujo marido, vice-chefe na estação de Kasumigaseki, morreu no incidente.

Takahashi, de 76 anos, lidera um grupo de vítimas que vem pedindo ao governo que estabeleça uma instalação para manter e revelar registros do ataque.

Ela também alertou que enquanto a consciência pública sobre cultos esteja aumentando, problemas surgindo de grupos religiosos problemáticos “podem se repetir” sem registros “adequadamente preservados”.

O alegado assassino de Abe, Tetsuya Yamagami, disse aos investigadores que ele tinha rancor da Igreja da Unificação, um grupo religioso conhecido por suas solicitações agressivas de doações, e acreditava que Abe tinha ligações com ele.

O ex-primeiro-ministro foi morto com um tiro em julho do ano passado enquanto fazia discurso em campanha eleitoral.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Nihongo - Estude em casa com o Kumon!
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Empregos para estrangeiros no Japão UT Suri-emu
Empregos no Japão - HUMAN
Life Card - cartão para brasileiros no Japão