Brasileiro de Aichi teria amarrado e confinado a esposa que não vive com ele

Embora continuem oficialmente casados, não vivem juntos. O brasileiro teria amarrado e levado a mulher para a montanha.

Foto ilustrativa de viatura da polícia (Wikimedia)

Na quinta-feira (11) a polícia informou sobre a prisão de um brasileiro, 41, residente em Nishio (Aichi), sem divulgar o nome, por que teria amarrado e confinado a esposa.

Publicidade

Ele e a vítima são casados mas não vivem juntos, segundo a polícia. No período entre antes das 8h de terça-feira (9) até pouco antes do meio-dia de quarta-feira (10), a mulher que mora em Hekinan (Aichi), foi pega e imobilizada, ficando com seus pulsos e pernas amarrados com um cordão elástico, o que lhe causou lesões.

Ele teria levado a mulher em seu veículo kei para uma área montanhosa em Kota (Aichi).

O caso foi descoberto porque o homem que vive com a esposa dele ligou para o 110 dizendo que “ela foi levada”.

Localizados, o brasileiro foi preso mas teria dito apenas que “não tenho nada a dizer”.

Em relação à vítima, a polícia já atendeu duas ocorrências de problemas entre o casal, incluindo violência, desde o começo deste ano. 

Fonte: Nagoya TV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

App para crianças estrangeiras aprenderem japonês é destaque na mídia

Publicado em 11 de maio de 2023, em Educação

Universidade lança aplicativo gratuito para aprendizado de kanji voltado para crianças do shogakko.

Criança usando o smartphone e telas do app (ilustrativa, Apple Store)

O número de alunos que necessitam do ensino da língua japonesa nas escolas públicas de ensino fundamental, médio e superior vem aumentando ano a ano e, de acordo com pesquisa publicada pelo Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia em 18 de outubro de 2022, há 58.307 estudantes que necessitavam do ensino do japonês, um aumento de 14% em relação ao ano anterior. As crianças de origem estrangeira lutam diariamente para entender e aprender japonês, e também há preocupações de que a recente pandemia tenha restringido muito as oportunidades de aprendizado.

Publicidade

Para auxiliar nesse problema, a Universidade de Idiomas Estrangeiros de Tóquio (Tokyo Gaikokugo Dagaku) lançou um app gratuito chamado “Tafu Marurin”. O aplicativo permite que estudantes do primeiro até terceiro ano do fundamental (shogakko) aprendam um total de 440 kanjis em um oito idiomas, incluindo o português e espanhol, em smartphones e tablets. Os desenvolvedores esperam que o app seja usado por pessoas de todas as idades, já que aprender kanji é uma parte inevitável do estudo da língua japonesa.

O desenvolvimento foi feito com base nas solicitações de professores e especialistas. O aplicativo foi feito com o intuito de ser fácil de ser usado e divertido para as crianças.

O aplicativo inclui a prática da ordem dos traços, exercícios dinâmicos, sistema de confirmação de leitura por voz e gravação e reprodução de sua própria voz lendo o kanji. Na prática da ordem dos traços, o usuário pode traçar a tela com o dedo enquanto olha para um exemplo. Quando uma pergunta é respondida corretamente, aparece uma animação de aplausos, que as crianças vão gostar.

“No futuro, mais e mais pessoas virão do exterior para o Japão. Este aplicativo pode ser usado por todos que estão aprendendo japonês”, comentou o responsável pelo projeto.

Como baixar o app gratuitamente

O aplicativo está disponível para download nos links abaixo.

Toque aqui para abrir a versão para iOS

Toque aqui para abrir a versão para Android

Fontes: TUFS e Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Nihongo - Estude em casa com o Kumon!
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Empregos para estrangeiros no Japão UT Suri-emu
Bell Mart - Produtos brasileiros no Japão