Página excluída do sistema

A página solicitada foi movida ou excluída

Desculpe, a página solicitada foi excluída do sistema... Por diversos motivos, alguns conteúdos são excluídos após algum tempo.

As seções principais do Portal Mie (clique para abrir):

- HOME - página inicial

- NOTÍCIAS DO JAPÃO E DO MUNDO

- EMPREGOS NO JAPÃO

- EVENTOS E FOTOS PORTAL MIE

- MAGAZINE PORTAL MIE

- AGENDA DE EVENTOS

Por favor utilize a busca do Portal Mie para encontrar outros itens com este mesmo tema.

Publicidade

+ lidas agora

> >

--

Casas abandonadas em áreas rurais do Japão atraem compradores do exterior

Publicado em 22 de maio de 2023, em Sociedade

O número de casas abandonadas aumenta cada vez mais devido ao envelhecimento e declínio populacional do Japão.

Uma casa antiga e abandonada no Japão (ilustrativa/banco de imagens)

Estrangeiros estão cada vez mais comprando casas abandonadas no Japão, especialmente as antigas que têm tatames e quartos estilosos, conduzidos em parte por uma grande admiração por cultura tradicional japonesa e iene fraco.

Publicidade

Casa de 110 anos

O singapuriano Lee Xian Jie, de 33 anos, estava conversando com residente locais em abril em uma casa antiga em Ryujin, uma região com cerca de 2,7 mil pessoas a uma altitude de cerca de 500m na província de Wakayama.

Lee dividiu as despesas com amigos para comprar a casa de aproximadamente 110 anos por cerca de ¥2 milhões (cerca de US$14,5 mil) no verão de 2022 e está agora renovando a residência para ser transformada em uma hospedaria. Ao lado dela, ele opera o restaurante Ryunohara Shokudo situado perto de um local que ele aluga, servindo comida preparada com frutos do mar e vegetais locais.

Ele se formou em uma universidade em Tóquio e depois começou a trabalhar em uma empresa de tecnologia da informação. Interessado em cultura japonesa, ele ficou intrigado por Ryujin, visto que ele ficou sabendo que os residentes locais tinham um costume de plantar chá em seus jardins. Ele decidiu se mudar para o vilarejo após visitá-lo várias vezes.

Um funcionário da prefeitura de Tanabe na província, onde fica o vilarejo e que ajudou a subsidiar a mudança de Lee, disse “Espero que ele lidere a revitalização da área”.

Quase 9 milhões de casas abandonadas

O número de casas abandonadas aumenta cada vez mais devido ao envelhecimento e declínio populacional do Japão.

Havia cerca de 8,49 milhões de casas desocupadas em todo o país em 2018, alta de 1,5 vez em comparação a 1998 e contando por 13,6% de todas as residências, de acordo com uma pesquisa do Ministério de Assuntos Internos e Comunicações.

O Instituto de Pesquisa Nomura estima que o número de casas abandonadas chegará a 23.03 milhões, ou 31,5% de todas as residências, até 2038 a menos que sejam demolidas em grande escala. Em outras palavras, cerca de 1 em cada 3 casas poderia estar eventualmente abandonada.

O problema de casas abandonadas se tornou uma dor de cabeça no Japão, com 1 em cada 7 atualmente desocupadas. Mas essas casas antigas parecem ser promissoras para um crescente número de estrangeiros. Suas compras de casas abandonadas, que estagnaram durante a pandemia de covid-19, estão começando a ganhar ritmo novamente.

Empresa de americanos para encontrar compradores para casa antigas no Japão

Em 2020, os americanos Parker J. Allen e Matt Ketchum fundaram a Akiya & Inaka, em Tóquio com o objetivo de encontrar compradores para casas antigas no interior.

Eles receberam cerca de 40 consultas em 2022, aumento de 5 vezes comparado a 2020, amplamente de donos de companhias na faixa dos 40 e 50 anos.

As casas mais populares são aquelas com preços de ¥20 milhões e localizadas nas províncias de Kanagawa, Shizuoka e Chiba, todas as áreas com fácil acesso a Tóquio. Alguns futuros compradores aumentaram seus orçamentos para ¥40 milhões graças ao iene fraco.

Muitos compradores as usam como casas de férias e planejam se mudar após aposentadoria, disse Parker.

Casas abandonadas são um problema para governos locais que mesmo um crescente número de compradores estrangeiros não pode resolver, visto que muitas pesam sobre esforços de revitalização locais.

Imagem positiva de casas abandonadas pode ser disseminada através dos estrangeiros

“Com governos locais e outras partes preocupadas agindo como ponte, oportunidades para estrangeiros e residentes interagirem uns com os outros e aprofundarem compreensão mútua devem ser proativamente criadas”, disse Yasuhiko Nakajoa, professor na Universidade Meikai, que é conhecedor das questões de casas abandonadas.

“A imagem positiva de casas abandonadas, se disseminada através de estrangeiros que se misturam na comunidade local, pode enfraquecer a imagem pobre delas mantidas pelos japoneses e fazer com que eles as reconsiderem como patrimônios preciosos”, disse ele.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!