Isuzu Motors abandona a Rússia

A fabricante japonesa de veículos comerciais vendeu todas as participações na subsidiária local Isuzu Rus para a grande montadora russa Sollers.

Após a invasão da Rússia à Ucrânia, a Isuzu suspendeu a produção em março de 2022 (banco de imagens)

A Isuzu Motors do Japão vai abandonar a produção e vendas de caminhões na Rússia, disseram fontes informadas nesta sexta-feira (14).

Publicidade

A fabricante japonesa de veículos comerciais vendeu todas as participações na subsidiária local Isuzu Rus para a grande montadora russa Sollers após julgar que seria difícil continuar o negócio em meio à situação internacional incerta em torno da Rússia, de acordo com as fontes.

Após a invasão da Rússia à Ucrânia, a Isuzu suspendeu a produção em março de 2022. Para o ano fiscal que terminou em março de 2023, a companhia registrou um prejuízo extraordinário de aproximadamente ¥1,7 bilhão em uma base consolidada devido à suspensão de produção na Rússia.

A montadora havia dito que estava considerando a futura direção de seus negócios russos.

A Isuzu Rus, estabilizada em 2007, produziu cerca de 3,7 mil veículos, principalmente a série N de caminhões de pequeno porte, no ano fiscal que terminou em março de 2022.

Seus funcionários, cujo número totaliza 200, continuarão a ser empregados na Sollers se eles desejarem após a retirada dos negócios da Isuzu.

Fonte: Nippon

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Aumento na verba para gastar nas férias de verão

Publicado em 14 de julho de 2023, em Comportamento

Uma pesquisa revelou que as pessoas aumentaram o orçamento para as férias de verão deste ano. Se vai a Okinawa, cuidado!

Foto ilustrativa de malas prontas para viajar (Pixabay)

A empresa de pesquisa Intage realizou uma enquete entre homens e mulheres na faixa dos 15 aos 79 anos, de todo o país, para saber do orçamento individual para gastar nas férias de verão.

Publicidade

O resultado apontou orçamento médio de 60.146 ienes, um aumento de cerca de 120% em relação ao mesmo período do ano passado. Isso significa que as pessoas aumentaram cerca de 10 mil ienes, em média, para gastar este ano.

Em relação aos motivos, os que mais se destacaram foram “o fim da restrição psicológica da epidemia da covid” e “o aumento de preços do combustível e do custo de vida”.

Em relação aos planos para as férias de verão, percebeu-se um aumento de 250% em relação ao ano anterior, de viagens ao exterior

Covid: cancelamento ou mudança de rota

No entanto, embora a infecção pelo coronavírus, que mudou de categoria, tenha sido rebaixada à 5.ª, 40% dos entrevistados disseram que vão considerar o cancelamento ou alteração do plano se houver surto em algum destino programado.

Foto ilustrativa de família em férias de verão na praia (Pexels)

Isso mostra a preocupação de uma parte das pessoas em relação à covid, pois em Okinawa, o número de pessoas infectadas continua muito elevado, chegando à média de 41,67 por instituição médica, no período de 3 a 9 deste mês. Embora tenha diminuído levemente em relação à semana anterior (48,49), ainda é preocupante, pois é a pior taxa do país e, na ilha principal de Okinawa, o índice é ainda mais elevado, de 50,71.

Para quem está com viagem programada para Okinawa a recomendação é de prevenção: uso de máscara, higienização das mãos e evitar contato próximo.

As ambulâncias locais não estão dando conta de atender tantas pessoas com sintomas de covid e de insolação. Os médicos e suas equipes estão em estado de exaustão, com risco de colapso, por isso, pediram à população cuidados preventivos.

Fontes: ANN, Okinawa Times e QAB

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!