Japão volta a receber 2 milhões de turistas estrangeiros em junho

Pela primeira vez desde fevereiro de 2020, o Japão recebeu mais de 2 milhões de turistas estrangeiros.

Foto de arquivo da ANN mostra turistas estrangeiros em Asakusa

Segundo informações da Organização Nacional do Turismo do Japão (JNTO), o número de visitantes estrangeiros no país, em junho, foi de 2.073.300 pessoas, cerca de 17 vezes mais que no ano passado.

Publicidade

Foi a primeira vez desde fevereiro de 2020 que chegou a esse número, ou seja, em 3 anos e 5 meses.

Os países com o maior número de turistas são do leste da Ásia, incluindo Taiwan, América do Norte, Oriente Médio e Austrália.

Em junho vieram 545.100 turistas da Coreia do Sul, representando 26% do total e o maior número de todos os demais países. Em segundo lugar ficou Taiwan, com 389 mil e em terceiro os Estados Unidos com 226,8 mil visitantes. O número de turistas da China foi de 208,5 mil pessoas, com queda. Em contrapartida aumentou em 30% o número de visitantes americanos.

Cada um desses turistas estrangeiros gasta em média 200,5 mil ienes, sendo que os sul-coreanos não medem para desembolsar. Em média, um visitante da Coreia do Sul gasta 545,1 mil ienes com hospedagem, compras e restaurantes.

Em segundo lugar ficaram os taiwaneses com gastos de 389 mil ienes e em terceiro os americanos com 226,8 mil ienes. 

Fontes: ANN e Bloomberg

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Instrutora de mergulho é indiciada pela morte da aluna

Publicado em 21 de julho de 2023, em Sociedade

Uma instrutora de mergulho foi responsabilizada pela morte de uma aluna durante a aula.

Foto meramente ilustrativa de uma mergulhadora (Public Domain Pictures)

Na quinta-feira (20), uma instrutora de mergulho, na casa dos 20 anos, residente em Kawanishi (Hyogo), foi encaminhada para o Ministério Público, a fim de responder pela negligência profissional que teria causado a morte de uma aluna, durante o curso.

Publicidade

A instrutora de mergulho trabalha em uma escola na cidade de Kobe (Hyogo) e, segundo informações da Guarda Costeira, estava com a única aluna no mar, em Tarumi-ku, para ensiná-la a mergulhar, em 5 de outubro de 2022. Para fixar uma corda no fundo do mar, a instrutora mergulhou, mas teria deixado a aluna de 59 anos, sozinha, esperando na superfície. 

Alguns minutos depois, quando a instrutora subiu à superfície, a aluna tinha sido levada pela correnteza, a alguns metros, e foi encontrada inconsciente.

Na ocasião, o mar estava calmo, mas acredita-se que a aluna, uma iniciante, não conseguiu manter a postura sozinha e ingeriu a água. Ela foi levada às pressas para o hospital, mas morreu cerca de um mês depois.

Por isso, está sendo responsabilizada pela morte dela, supostamente por negligência profissional.

Fontes: ABC TV e Sun TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!