Rússia coloca juíza japonesa em lista de procurados

O governo russo colocou em uma lista de procurados uma juíza do Japão do Tribunal Penal Internacional que estava envolvida na emissão de um mandado de prisão para o presidente Vladimir Putin.

Tomoko Akane foi colocada em uma lista de pessoas procuradas pelo Ministério dos Interiores da Rússia (FNN)

Segundo uma agência estatal de notícias da Rússia, o governo do país colocou em uma lista de procurados uma juíza do Japão do Tribunal Penal Internacional (TPI) que estava envolvida na emissão de um mandado de prisão para o presidente Vladimir Putin.

Publicidade

A agência divulgou na quinta-feira (26) que Tomoko Akane foi colocada em uma lista de pessoas procuradas pelo Ministério dos Interiores da Rússia. A agência não disse qual acusação ela enfrenta.

Em março, o TPI emitiu mandados de prisão sobre acusações de crimes de guerra para Putin, assim como para o comissário de direitos das crianças da Rússia.

O tribunal disse que eles eram responsáveis pela deportação ilegal e transferência de crianças para a Rússia de áreas ocupadas da Ucrânia.

Em resposta, o Comitê Investigativo da Rússia abriu um caso criminal contra juízes do TPI incluindo Akane, assim como um promotor do tribunal.

O comitê anunciou em maio que ele havia acusado o promotor, Karim Khan, e um de seus juízes, Rosario Salvatore Aitala, in absentia (em ausência), chamando suas ações de ilegais.

Na semana passada, o escritório presidencial da Rússia disse que Putin não participará pessoalmente de uma cúpula do BRICS (organização de países do mercado emergente) na África do Sul no mês que vem.

A África do Sul é um país signatário do TPI, e teria requerido prender Putin se ele tivesse entrado no país.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Conheça Tsunoshima, mais uma das belas pontes com cenário fantástico no Japão

Publicado em 27 de julho de 2023, em Turismo em Yamaguchi

Comerciais de carros e novelas são filmados na ponte com frequência.

Um belo passeio com vistas incríveis na província de Yamaguchi (PM)

A Tsunoshima é uma ponte de 1.780 metros de comprimento que fica na província de Yamaguchi. Ela é a segunda ponte mais longa no Japão, ficando atrás da Akashi Kaikyo (3.911m).

Publicidade

Essa ponte é reconhecida pelo seu formato curvado distinto. Ela segue reta a partir da ilha principal antes de fazer uma curva, quando passa por Hatoshima, uma ilha desabitada localizada no Estreito de Amagaseto.

A ponte faz a curva para contornar Hatoshima, uma ilha desabitada (PM)

Antes da construção da ponte, a ilha Tsuno (Tsunoshima) e a ilha principal eram conectadas por um ferry que fazia sete viagens de ida e volta por dia.

A ferry sofria atrasos frequentes e era cancelada devido ao clima adverso, principalmente no inverno. Em 1983, cerca de 100 residentes formaram uma equipe para defender a construção de uma ponte, que começou em setembro de 1993, com um projeto que teve custo total de ¥14,9 bilhões.

A ponte foi inaugurada em 3 de novembro de 2003 e reconhecida com o Prêmio de Excelência pela Sociedade Japonesa de Engenheiros do Japão pelo seu design com conscientização ambiental.

Há plataformas de observação nas extremidades da ponte (PM)

Enquanto o acesso de transporte oferecido pela ponte tenha contribuído de forma significativa para a indústria do turismo de Tsunoshima, ela em si é um destino turístico popular pelas suas vistas panorâmicas na ilha e sua proximidade a várias praias.

Várias plataformas de visualização e outras amenidades ficam localizadas no Amagase, um parque que é dividido em duas partes nas extremidades da ponte. Comerciais de carros e novelas são filmados na ponte com frequência.

Toque aqui para abrir o mapa e ver a localização.

Fonte: Gaijin Pot

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!