Advogado brasileiro formado e licenciado no Japão está em São Paulo

O advogado brasileiro, o primeiro a passar no exame e obter a licença no Japão, está atendendo em São Paulo.

À esq. o advogado brasileiro quando da entrevista na FM Yokohama e à dir. na visita à redação do Diário Brasil Nippou

O Diário Brasil Nippou publicou uma matéria na quarta-feira (30), de que o primeiro advogado brasileiro a ser aprovado no exame similar ao da OAB do Japão, assumiu o cargo de diretor executivo do Centro de Informação e Assistência ao Trabalhador Estrangeiro (CIATE), em São Paulo, capital, em 9 deste mês e que fez uma visita à redação no dia 24.

Publicidade

O advogado Renan Eiji Teruya, 31 anos, vive no Japão desde quando tinha 8, levado pela sua mãe, para trabalhar em uma fábrica de autopeças, até tarde da noite.

Sentiu na pele o quanto é dura a jornada dos trabalhadores brasileiros no Japão. Por outro lado, se empenhou também. Estudou 5 a 6 horas por dia para ser aprovado na Universidade de Nagoia (Aichi), onde se formou e fez pós-graduação em Direito. Foi aprovado no exame para advogado em setembro de 2016.

Fluente em japonês, logo ingressou em um escritório de advocacia na cidade de Nagoia. Relatou que “mais de 90% dos clientes atendidos eram brasileiros que vivem no Japão”. 

Áreas mais procuradas

O advogado Renan contou para o Diário Brasil Nippou que as questões mais destacadas nesses anos de atendimento foram:

  1. Acidentes de trânsito e divórcio
  2. Assuntos trabalhistas e acidentes de trabalho
  3. Herança
  4. Visto de residência

Mas, além dessas questões, também atendeu casos criminais. Explicou que um estrangeiro condenado por um crime no Japão, não pode renovar seu visto após cumprir a pena, por isso, há casos de pessoas deportadas mesmo sem saber o idioma pátrio e sem experiência de vida.

Também contou que representou um brasileiro fluente em japonês, preso por furto, recrutado para o chamado yami baito, ou bico obscuro, seduzido pela proposta de uma gangue de delinquentes.  

A matéria destaca a importância do advogado Renan Teruya para os brasileiros que moram no Japão.

Atendimento no CIATE

Atualmente, está oferecendo consultas gratuitamente no CIATE, para os que retornaram ao Brasil depois de terem trabalhado no Japão e querem saber sobre a aposentadoria. Contou que tem atendido várias pessoas, por isso destacou esse serviço. “Se conhece alguém que precise, encaminhe-a”, disse o advogado.

O CIATE está localizado no 1.º andar do Edifício Bunkyo, na Rua São Joaquim, 381, sala 11, na Liberdade. O telefone é 011-3027-9014. 

Fonte: Diário Brasil Nippou

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Governo visa salário mínimo de 1,5 mil ienes a hora

Publicado em 31 de agosto de 2023, em Política

O premiê japonês vislumbra 1,5 mil ienes a hora como média do salário mínimo, explicou na reunião sobre o ‘novo capitalismo’.

Fumio Kishida, o primeiro-ministro, na reunião na quinta-feira (JNN)

O primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, disse na quinta-feira (31) que visa elevar a média do salário mínimo para 1,5 mil ienes a hora até meados da década de 2.030.

Publicidade

Em outubro deste ano, a média nacional do salário mínimo passará a 1.004 ienes a hora, a qual é inferior se comparada com os países desenvolvidos, incluindo a Coreia do Sul. Cada província define o valor e o de Aichi passará a ser de 1.027 ienes a hora.

Com o aumento do custo de vida houve um esfriamento no consumo, por isso os aumentos salariais contínuos encorajarão ao crescimento estável.

Foi a explicação dada por Kishida na Conferência para a Realização do Novo Capitalismo, realizada no seu gabinete.

A sua gestão posicionou o aumento salarial como uma prioridade máxima, por isso, pela primeira vez na história passou dos mil ienes a hora.

Fontes: Nikkei e JNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!