Guindaste do caminhão derrubou poste em Tóquio

Polícia investiga acidente em que caminhão derrubou poste de sinalização em Tóquio.

Imagem: NTV

Um caminhão derrubou um poste de sinalização em Shinjuku, Tóquio. A placa bloqueou a estrada e causou restrições de movimentação na pista em vigor.

Publicidade

Pouco antes das 14h de segunda (28), um homem dirigindo um caminhão ligou para o 110 dizendo que o guindaste do veículo derrubou uma placa de sinalização em Kita-Shinjuku.

Quando os policiais correram para o local, viram que um poste com placa de trânsito que estava instalado no meio da pista havia caído e estava bloqueando a rua.

De acordo com a Polícia Metropolitana, um guindaste instalado na traseira do caminhão havia colidido com a placa. Ninguém ficou ferido.

A partir das 15h, a pista estava parcialmente fechada e havia restrições de tráfego.

A polícia investigará a causa do acidente, inclusive para descobrir porque o guindaste não estava preso adequadamente.

Fonte: ANN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Greve no Japão: funcionários das lojas de departamento definiram data

Publicado em 29 de agosto de 2023, em Sociedade

O sindicato dos funcionários das duas redes de lojas de departamento informaram a empresa gestora da data da greve.

Placa com logo da Seibu, uma das lojas de departamento cujos funcionários vão fazer greve (ANN)

Os funcionários das lojas de departamentos Sogo e Seibu decidiram na segunda-feira (28) que vão fazer greve.

Publicidade

Se executada, será a primeira em 61 anos nesse segmento comercial, pois a última foi em 1962 na loja de departamentos Hanshin.

Tanto a Sogo quanto a Seibu estão sob o guarda-chuva da empresa Seven & i Holdings, a qual considera vender as lojas de departamento a um fundo de investimentos dos Estados Unidos, por isso, o sindicato dos funcionários decidiu pela greve, a qual está programada para quinta-feira (31).

O sindicato vem negociando com a empresa Seven & i a manutenção do emprego após a venda.

Por outro lado, a empresa Seven & i não alterou seu plano de venda das lojas de departamento e as perspectivas de negociações não estão claras, por isso é difícil prever o efeito da greve.

A greve será executada somente na loja de Ikebukuro, em Tóquio. São cerca de 900 funcionários filiados ao sindicato que trabalham na Seibu Ikebukuro. Se a greve acontecer, algumas lojas de alimentos e confecção da rede deixarão de funcionar.

Fontes: Nikkei, ANN e Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!