Kishida pede que ministros elaborarem novo pacote de estímulo econômico

O primeiro-ministro do Japão quer que o pacote enderece o impacto de preços mais altos e facilite crescimento salarial sustentado.

Em uma reunião do Gabinete, Kishida disse que o público superou a pandemia, mas está agora enfrentando dificuldades com a alta nos preços (banco de imagens)

O primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, instruiu ministro do Gabinete a compilar um conjunto de medidas de estímulo econômico até por volta do fim de outubro.

Publicidade

Kishida quer que o pacote enderece o impacto de preços mais altos e facilite crescimento salarial sustentado.

O primeiro-ministro disse em uma reunião do Gabinete nesta terça-feira (26) que o público superou a pandemia de coronavírus, mas está agora enfrentando dificuldades com a alta nos preços.

Ele disse que receitas fiscais aumentadas, que são frutos de crescimento, devem ser redistribuídas de forma apropriada para o público.

Kishida pediu pela utilização de várias ferramentas, como redução de impostos e abrandamento dos encargos fiscais, na compilação de um compreensivo pacote econômico.

Ministros devem discutir a expansão de benefício fiscal para empresas que oferecem salários maiores. Eles também vão explorar a possibilidade de permitir que fundos de reserva da pandemia sejam gastos em medidas para promover aumentos salariais.

Outros itens possíveis incluem reduções de impostos para encorajar investimentos domésticos em semicondutores e em outros campos estratégicos.

Suporte para as famílias também será considerado, para abrandar o peso representado por gastos mais altos com serviços e outros custos.

Uma outra possibilidade sob consideração é fornecer fundos adicionais a governos locais para lidar com o custo de vida mais alto.

Os ministros e partidos de coligação dominantes estudarão as medidas. Um orçamento suplementar deve ser compilado para financiar o pacote de estímulo.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Tarifas a partir de 7,7 a 11 mil ienes da promoção da JAL

Publicado em 26 de setembro de 2023, em Tome Nota

A JAL oferecerá uma promoção pontual com passagens bem em conta, mas é preciso ficar atento aos períodos de reserva e de embarque.

Foto meramente ilustrativa de uma aeronave da JAL (Wikimedia)

Se pretende viajar dentro do Japão para revisitar um local que gostou muito ou para conhecer um destino que já está na sua lista, pode aproveitar a promoção pontual da Japan Airlines (JAL).

Publicidade

As tarifas promocionais custam a partir de 7,7 mil ienes para vários destinos, já que a malha de rotas da JAL é grande, cobrindo praticamente todo o país. Inclusive, oferece voos para as ilhas como Goto, Amami, as de Okinawa e outras.

Essa promoção pontual tem duas etapas, sendo uma para voar ainda este ano.

As reservas na primeira etapa são entre 0h de quinta-feira (28) e 23h59 de sexta-feira (29), para voar em novembro. 

A segunda etapa para as reservas é a partir da 0h de 5 de outubro às 23h59 do dia seguinte, 6 de outubro. Os voos com tarifa promocional em dezembro são para os períodos de 1.º a 26, depois, 31 e 1.º de janeiro.

Como se trata de promoção, a JAL não aceita alteração de rota e data. E vale somente para a classe econômica, mas os upgrades poderão ser feitos no dia do embarque se houver assentos disponíveis.

Se está inscrito no programa de milhagens, mesmo comprando as passagens nessa promoção, a JAL reverterá 50%.

Fonte: divulgação

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Aprenda NIHONGO com o Kumon!