Inaugurado o Azabudai Hills, o qual tem o prédio mais alto do Japão

Sob o conceito de vilarejo urbano moderno, foi inaugurado um complexo gigantesco e de luxo, o qual se tornou o novo ponto turístico de Tóquio.

Prédio Mori JP Tower, dentro do Azabudai Hills, passou a ser o mais alto do Japão (Mori Bldg.)

Na sexta-feira (24), a empresa de gestão de propriedades e de desenvolvimento imobiliário Mori Building, com sede em Tóquio, realizou a cerimônia de inauguração do Azabudai Hills, visto como o novo ponto turístico da capital japonesa.

Publicidade

Centenas de pessoas já estavam no complexo esperando pelo corte de fitas, ávidas para conhecer o local e todo o seu requinte. 

Esse complexo comercial de alto luxo está situado em Minato-ku, Tóquio, tem o prédio considerado o mais alto do Japão, com 330 metros de altura, com 64 andares. Ultrapassou e desbancou o Abeno Harukas de Osaka, até então o arranha-céu mais alto. 

O Azabudai Hills foi construído em uma área de 8,1 hectares, com grande espaço verde, e o custo do projeto foi de aproximadamente 640 bilhões de ienes. Segundo a empresa, 30% da área é composta por espaços verdes, com 320 espécies de plantas e árvores; e espera-se receber 30 milhões de visitantes anualmente.

O complexo tem a Mori JP Tower, a mais alta do país, além de outros edifícios em forma de malha. Ocuparam os espaços cerca de 150 empresas, incluindo restaurantes, cafés, escritórios, lojas de luxo como Hermes, Dior e Cartier; hotel para hóspedes milionários, galerias de arte, espaços culturais, apartamentos sofisticados de alto padrão e escola internacional.

A empresa Mori Building levou 30 anos para negociar a área a fim de iniciar a construção desse empreendimento em 2019.

Assista ao vídeo do noticiário, o qual mostra a inauguração e o prédio mais alto do Japão, dentro desse complexo.

Fontes: WWD, Asahi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Casos de anorexia entre crianças no Japão é problema grave 3 anos após a pandemia

Publicado em 24 de novembro de 2023, em Sociedade

A anorexia nervosa é um transtorno em que pessoas têm peso corporal anormalmente baixo como resultado de dieta excessiva ou vômitos após consumir comida.

Pessoas que sofrem de anorexia enfrentam riscos de a condição afetar suas vidas diárias (ilustrativa/banco de imagens)

O número de jovens e crianças no Japão diagnosticados com anorexia nervosa, um transtorno alimentar, continuaram altos no 3º ano após o surto de covid-19, mostrou uma pesquisa de um instituto ligado ao governo.

Publicidade

A anorexia nervosa é um transtorno em que pessoas têm peso corporal anormalmente baixo como resultado de dieta excessiva ou vômitos após consumir comida. Pessoas que sofrem de anorexia enfrentam riscos de a condição afetar suas vidas diárias.

O número de casos de anorexia nervosa entre crianças aumentou cerca de 50% no ano fiscal de 2020, quando a crise do coronavírus começou, a partir de 2019.

Casos no ano fiscal de 2022 foram 40% mais altos do que o nível de 2019, antes da pandemia, de acordo com a pesquisa realizada pelo Centro Nacional para Saúde e Desenvolvimento Infantil.

O governo rebaixou a covid-19 para categoria V, a qual também inclui a influenza sazonal, sob a lei de controle de doenças infecciosas em maio deste ano, e restrições sobre movimentação relacionadas ao coronavírus foram suspensas.

Mesmo assim, é incerto quando os impactos físicos e mentais da pandemia prolongada vão abrandar. O centro continua a pedir que consideração cuidadosa seja dada às crianças.

Fonte: Nippon, Jiji

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!