O melhor país do mundo para visitar é revelado pela revista Condé Nast Traveller

A Condé Nast Traveller compartilhou os resultados de sua anual Readers Choice Awards. a qual entrevistou 526.518 pessoas para descobrir qual o melhor país no mundo. Veja o resultado.

Pagode Chureito na época de sakura com o Monte Fuji ao fundo (banco de imagens)

A revista Condé Nast Traveller compartilhou os resultados de sua anual Readers Choice Awards (algo como Premiação das Escolhas dos Leitores) a qual entrevistou 526.518 pessoas para descobrir qual o melhor país no mundo.

Publicidade

O resultado? Japão.

Se você conhece quase tudo sobre a terra do sol nascente pode não estar surpreso – da cosmopolita e futurística Tóquio, aos jardins tranquilos de Quioto – não faltam no país cenários de tirar o fôlego e cultura fascinante.

Sem mencionar o Monte Fuji, que é um dos locais mais belos e uma das atrações mais vibrantes do mundo.

Dados os seus adereços, a Condé Nast Traveller disse: “Agora que o Japão reabriu seu turismo sem necessidade de visto, você ainda encontrará restaurantes incríveis, onsens relaxantes, templos xintoístas, cerejeiras e trens de alta velocidade impecavelmente limpos, os quais operam ao longo de algumas rotas mais cênicas no mundo”.

O próximo país na lista é a Itália, com suas deslumbrantes cidades de Milão, Roma e Florência, e então você tem as praias, ilhas e uma infinidade de belos lugares.

Assim como o Japão, a Itália também está realizando esforços para combater o turismo em excesso. Uma iniciativa particularmente amável é uma série de rotas vintage de trens que transporta os turistas a alguns do destinos rurais menos conhecidos da nação.

A Europa domina a lista, com a Grécia e a Irlanda ficando em 3º e 4º lugares respectivamente. Veja a classificação da Condé Nast Traveller:

  1. Japão
  2. Itália
  3. Grécia
  4. Irlanda
  5. Nova Zelândia
  6. Espanha
  7. Portugal
  8. Noruega
  9. Suíça
  10. Turquia
  11. Austrália
  12. Islândia
  13. Croácia
  14. Alemanha
  15. Reino Unido
  16. África do Sul
  17. Áustria
  18. Sri Lanka
  19. França
Fonte: Metro UK, Time Out

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Homem engoliu moedas e ímãs porque queria músculos maiores

Publicado em 4 de março de 2024, em Ásia

O homem de 26 anos da Índia engoliu as moedas e ímãs porque ‘achava que o zinco ajudava na formação de músculos’.

O homem foi ao hospital queixando-se de vômitos frequentes e dor abdominal (ilustrativa/banco de imagens)

Um homem de 26 anos de Déli, na Índia, teria engolido 39 moedas e 37 ímãs porque “achava que o zinco ajudava na “formação de músculos”.

Publicidade

Como divulgado pela agência de notícias ANI no fim de fevereiro, a situação veio à tona quando o homem foi ao Hospital Sir Ganga queixando-se de vômitos frequentes e dor abdominal por mais de 20 dias. O paciente também não estava conseguindo comer nada.

De acordo com a família do paciente, ele vinha consumindo moedas e ímãs por várias semanas e também estava passando por um tratamento para uma condição psiquiátrica.

Um exame de raio-X do abdômen do paciente revelou estruturas radiopacas que lembravam moedas e ímãs. Uma tomografia computadorizada mostrou que um acúmulo significativo de moedas e ímãs estava causando obstrução intestinal, levando à intervenção cirúrgica imediata.

Após a cirurgia, um raio-X confirmou a remoção com sucesso de todos os corpos estranhos. O paciente se recuperou do procedimento e recebeu alta em boas condições de saúde após uma permanência de 7 dias no hospital.

O homem estava sofrendo de uma doença psiquiátrica e sob a presunção de que o zinco ajudava na formação de músculos.

As moedas continham zinco e ele ingeriu os ímãs para que elas permanecessem no intestino a fim de facilitar mais absorção do elemento.

Fonte: Economic Times

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!