Princesa Aiko, filha do imperador Naruhito, planeja viagem a Mie

A princesa está considerando uma visita ao Ise Jingu no fim de março, tornando-a sua primeira viagem solo ao santuário.

A viagem é vista como uma maneira de reportar marcos significantes em sua vida (

A princesa Aiko está planejando uma viagem de 2 dias para visitar o Santuário de Ise em Mie e o mausoléu do imperador Jimmu em Nara (TBS News)

A princesa Aiko, filha do imperador Naruhito e da imperatriz Masako, está considerando uma visita ao Ise Jingu (Mie) no fim de março, tornando a jornada sua primeira viagem solo ao santuário, de acordo com fontes.

Publicidade

De acordo com fontes, a princesa Aiko está planejando uma viagem de 2 dias para visitar o Santuário de Ise e o mausoléu do imperador Jimmu em Kashihara (Nara).

A viagem é vista como uma maneira de reportar marcos significantes em sua vida, visto que a princesa deve se graduar na Universidade Gakushuin e começar a trabalhar na Sociedade da Cruz Vermelha Japonesa nesta primavera.

Embora a princesa já tenha ido o Ise Jingu com suas majestades em julho de 2014, essa será sua primeira visita sozinha ao local.

O Ise Jingu é dedicado a Amaterasu Omikami, a divindade ancestral da família imperial, e é de costume para membros visitarem o santuário em ocasiões como ascensão ao trono, abdicação, casamento e ao chegar à maioridade.

Fonte: News on Japan

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Correios do Japão: mudança no envio de encomendas para o exterior

Publicado em 1 de março de 2024, em Sociedade

Oficialmente, a partir de 1.º de março os Correios do Japão só aceitam o envio de encomendas para o exterior com o formulário digital.

Reprodução da ilustração da página dos Correios do Japão em relação ao envio de pacotes para o exterior

A partir de sexta-feira (1.º) de março muda o sistema de envio de encomendas para o exterior pelas agências dos Correios do Japão. Não se aceita mais o formulário do conteúdo e do envio preenchido a mão.

Publicidade

O manuscrito foi substituído pelo preenchimento do formulário online, o qual já havia sido instituído desde o ano passado, mas a partir de 1.º de março, só se aceita dessa forma. 

O objetivo é melhorar a segurança através da digitalização. Este sistema foi aprovado pelos países membros da União Postal Universal (UPU), e o Japão também o implementou.

As pessoas que usam esse serviço são as que têm familiares no exterior, como é o caso dos residentes estrangeiros no Japão.

Um detalhe que vale a pena destacar é que por exigência do governo brasileiro, é preciso colocar o número do CPF depois do nome do remetente, pois se não tiver, corre o risco de ter o pacote devolvido.

Não importa qual tipo de remessa escolher (EMS, SAL ou por navio) a fatura ou o formulário passa a digital, online.

Como preencher o formulário online dos Correios

Independente de usar o PC ou o smartphone, a primeira coisa a fazer é criar uma conta. Para isso, será necessário o endereço de e-mail e uma senha. Pode escolher um dos dois idiomas: japonês ou inglês.

O segundo passo é selecionar a confecção da ‘fatura’ ou formulário (送り状作成). Como o aplicativo é intuitivo, basta seguir a ordem, como cadastro de cliente e depois o cadastro do destinatário. Depois, o tipo de envio da encomenda e a data prevista do envio (programe-se para enviar dentro de 1 semana).

Se tiver uma balança, recomenda-se pesar a encomenda, selecionar se é envio de algum produto a ser faturado ou se é presente.

A recomendação é ser o mais fiel possível ao conteúdo a ser enviado, descrevendo cada um dos itens, o peso e o valor (mesmo que seja para presente). 

Depois de tudo preenchido, dirija-se a uma das agências dos Correios do Japão, com pacote e o smartphone com o e-mail recebido de confirmação porque tem o código da encomenda, dentro do prazo marcado, para fazer o despacho. Um detalhe importante: se puder, leve a caixa aberta para que o conteúdo possa ser conferido. Na agência, a caixa será medida e pesada.

Vale lembrar que, por causa da nova política do governo brasileiro, mesmo que a encomenda seja um presente ou envio de artigos usados, poderão ser taxados (imposto).

Por isso, no caso de envio no caso de mudança de volta ao Brasil, recomenda-se contratar uma empresa especializada para não ser taxado, mesmo que seja uma caixa pequena.  

Fonte: Correios

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!