Província de Yamanashi coletará ¥2 mil por pessoa que escalar o Monte Fuji

Yamanashi aprovou uma lei na segunda-feira (4) para coletar taxas de entrada de ¥2 mil por pessoa que escalar o Monte Fuji a partir do lado da província.

Pessoas que partirem do lado de Yamanashi terão que pagar ¥2 mil para subir o Monte Fuji (banco de imagens)

A assembleia provincial aprovou uma lei na segunda-feira (4) para coletar taxas de entrada de ¥2 mil por pessoa que escalar o Monte Fuji a partir do lado de Yamanashi.

Publicidade

Um portão será instalado na quinta estação, ou na entrada da trilha Yoshida no lado de Yamanashi do Monte Fuji, de 3.776m, a montanha mais alta do Japão, para coletar as taxas, destinado a controlar o congestionamento perto de seu cume, a partir do início em 1º de julho da temporada de escalada deste ano.

Escaladores terão que pagar até ¥3 mil cada, incluindo os mil ienes que já é solicitado como pagamento voluntário para a conservação do ambiente na montanha, que está entre os locais de Patrimônio Mundial da UNESCO.

Durante a temporada de 2024 até meados de setembro, o portão será fechado das 16h até as 3h do dia seguinte. Restrições de entrada também serão impostas se o número diário de escaladores exceder 4 mil. Aqueles que ficarem em cabanas na montanha serão isentos dessas restrições.

As taxas de entrada serão usadas para instalar abrigos destinados a proteger escaladores de rochas que podem ser lançadas da montanha vulcânica, assim como enviar observadores para alertar as pessoas que se comportam inadequadamente.

Fonte: Nippon

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Kanto-Koshin poderá ter nevasca

Publicado em 5 de março de 2024, em Tempo

A previsão indica queda de neve mesmo nas planícies mas nas áreas montanhosas prevê-se nevasca.

Parte de Hokuriku, províncias de Nagano e Yamanashi e também as de Kanto poderão ter nevasca (BSS/JNN)

Segundo a previsão da Agência de Meteorologia do Japão (AMJ), a ampla região Kanto-Koshin poderá ter nevasca a partir da noite de terça até quarta-feira (6).

Publicidade

Poderão ocorrer quedas de temperatura, ventos fortes e raios, além da neve.

Prevê-se acúmulos de neve de 5 a 40 centímetros, dependendo da área, pois nas regiões montanhosas a intensidade deverá ser maior, o que poderá afetar o tráfego e também o transporte público. Além disso, mesmo que o tráfego não seja controlado, os motoristas precisam ter cuidado com o congelamento da superfície das rodovias e vias expressas.

Além disso, é preciso cautela com as estufas agrícolas, acúmulo de neve nas fiações elétricas e árvores.

Fontes: BSS e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!