Pino de menta envolto com chocolate volta após 4 anos

Se gosta de sorvete cremoso de menta, aproveite que a Morinaga trouxe de volta.

Pino de menta (reprodução)

A Morinaga Milk trouxe de volta o Pino Creamy Chocolate Mint da série dos sorvetinhos da marca de longos anos.

Publicidade

Só tem um detalhe: é por tempo limitado, à venda em todo o país, nas lojas de conveniência e supermercados.

A série Pino é uma marca de sorvete lançada em 1976, portanto em outubro do ano passado comemorou 48 anos servindo duas gerações. 

É o tipo do sorvete que é impossível comer um só, seja no meio da tarde ou como sobremesa. Essa combinação de sorvete com chocolate faz a pessoa mais feliz.

O pequeno sorvete cremoso de menta, com extrato de hortelã-pimenta, envolto de chocolate meio amargo com toque de cacau. Esse ar refrescante foi passado cuidadosamente na embalagem sugestiva.

São 6 unidades de sorvetinho, cada um com 10 ml. Cada um tem apenas 31 kCal.

O Pino Creamy Chocolate Mint custa ¥160, já com imposto.

Bom proveito!

Uma unidade do Pino de menta (reprodução)

Fonte: divulgação

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Governo dos EUA expande investigação em carros da Honda

Publicado em 19 de abril de 2024, em Notícias do Mundo

Queixas alegam que o sistema de frenagem automática de emergência pode parar os veículos sem nada à frente deles, aumentando o risco de um acidente.

O sistema de frenagem automática de emergência da Honda pode parar os veículos sem nada à frente deles (banco de imagens)

Uma investigação do governo dos EUA sobre frenagem automática inesperada envolvendo cerca de 3 milhões de carros da Honda está a um passo de um recall.

Publicidade

A Administração Nacional de Segurança Rodoviária (NHTSA) dos EUA disse na quarta-feira (17) que atualizou uma investigação aberta em fevereiro de 2022 para uma análise de engenharia após ela ter recebido 1.294 queixas sobre o problema, principalmente de clientes e através da companhia.

Uma análise de engenharia é o último passo antes da agência poder buscar um recall, embora os veículos não estejam sendo recolhidos desta vez.

As queixas alegam que o sistema de frenagem automática de emergência pode parar os veículos sem nada à frente deles, aumentando o risco de um acidente.

A agência disse que tem 47 relatos de colisões e 112 de ferimentos em decorrência do problema.

A investigação cobre dois dos modelos mais vendidos da Honda, o CR-V e o Accord. Os anos dos modelos foram expandidos para incluir os CR-Vs produzidos entre 2017 e 2022 e o Accord entre 2018 e 2022.

Documentos da agência mostram que a Honda diz que alguns clientes podem ter tido um conhecimento inadequado do sistema e suas limitações.

Entretanto, consumidores dizem em queixas que revendedoras da Honda não foram capazes de reproduzir a condição do problema, e foi dito a eles que tais paradas eram consideradas normais para o sistema. Em alguns casos, consumidores dizem que o problema persistiu, disse a agência.

Em uma declaração, a Honda disse que continuará a cooperar com a NHTSA na investigação sobre o Sistema de Frenagem de Redução de Colisão, “e continuaremos nossa avaliação interna da informação disponível”.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!