Como vive o homem de 124 anos, o qual poderia ser o mais longevo do Planeta

Ele revela como se mantém saudável com 124 anos, cheio de alegria apesar do passado muito triste.

Longevo e feliz, ele pode ser o homem mais velho do Planeta (Gov. Peru)

As montanhas do Peru poderiam guardar o segredo da longevidade e do estilo de vida daquele que seria o homem mais velho do mundo, nascido em 1900, e que comemorou o aniversário em 5 de abril deste ano. 

Publicidade

Trata-se de Marcelino “Mashico” Abad, que mora na região central de Huánuco, e que soprou a vela de 124 calendários. Segundo o governo do Peru, isso faria dele, de longe, a pessoa viva mais longeva do mundo e até ultrapassa a marca do ser humano mais velho já verificado de forma independente.

As autoridades peruanas dizem que estão ajudando Abad a se inscrever no Guinness World Records como o homem mais velho do mundo. Atualmente esse recorde é de um britânico de 111 anos, após a morte de um venezuelano de 114 anos.

A mulher viva e mais velha nos registros verificados tem 117 anos, e a pessoa mais velha da história chegou aos 122 anos.

Abad, que nasceu na pequena cidade de Chaglla, viveu isolado até ser localizado pelo governo peruano em 2019. O Ministério de Desenvolvimento e Inclusão Social do Peru apresentará documentos oficiais de Marcelino Abad, que atestam que ele nasceu na cidade de Chaglla no ano de 1900.

Segredos de sua vitalidade aos 124 anos

Bolo para sua festa de aniversário de 124 anos em 5 de abril (Gov. Peru)

Entre os segredos para a vitalidade, Marcelino “Mashico” Abad diz que ele tem uma dieta rica em frutas e verduras, além de cordeiro, segundo comunicado do programa estadual de aposentadoria do qual faz parte. O longevo também adquiriu o hábito de mascar folhas de coca, tradição nas comunidades andinas do Peru

Além disso, seu segredo para uma vida longa e saudável, pois não tem nenhuma doença, foi crescer rodeado pela natureza, longe do caos e da agitação da cidade, com paz interior.

Apesar de ser alegre, sua vida foi difícil

É uma pessoa muito sociável e sorridente, gosta de conversar muito e se dá muito bem com as enfermeiras, cozinheiras e funcionários que zelam pelos seus cuidados na instituição Mis Abuelitos onde mora desde 2022.

A vida de Mashico não foi fácil, ficou órfão ainda criança, aos 7 anos, foi acolhido pelos donos de uma fazenda, não teve oportunidade de ir à escola, desde pequeno se dedicou à criação de animais e à lavoura.

Sua vida foi passada morando sozinho no campo, sem companheira, tampouco filhos, pois se tornou o único habitante dessa fazenda, a qual foi abandonada pelos seus donos. Ocasionalmente ia às festas do vilarejo e vivia da venda das frutas e verduras cultivadas por ele. 

Foi localizado por um funcionário do departamento de aposentadoria em 2019. Logo depois, se acidentou com a queda de um muro no curral da fazenda, o que danificou seu quadril, por isso, passou a ser cuidado por uma senhora em outra casa, antes de ir para a instituição de cuidados onde compartilha espaço com mais 28 idosos.

Maschico se tornou símbolo de força e vitalidade no Peru.

Fontes: Gov. Peru, Voz de America, TVN e Samart News

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Reservas online são introduzidas para visitantes no Monte Fuji

Publicado em 13 de maio de 2024, em Sociedade

O novo sistema, que começará em 20 de maio, é destinado a aliviar o congestionamento na recepção ao permitir que visitantes paguem ¥2 mil (US$13) com antecedência.

A temporada de escalada ao Monte Fuji geralmente abre de julho ao início de setembro (banco de imagens)

Reservas online serão introduzidas para visitantes que vão escalar o Monte Fuji na trilha mais comumente usada em Yamanashi, com o governo provincial determinado a começar a coletar taxas de entrada neste verão, soube-se nesta segunda-feira (13).

Publicidade

O novo sistema, que começará às 22h de 20 de maio, é destinado a aliviar o congestionamento na recepção ao permitir que visitantes paguem ¥2 mil (US$13) com antecedência.

Como a província aceita um máximo de 4 mil visitantes por dia, 3 mil vagas serão disponibilizadas através de reservas online. Pelo menos mil visitantes poderão acessar ao pagar as taxas na área de recepção da trilha no dia de suas escaladas, de acordo com o governo local.

As reservas podem ser feitas no site oficial para escalar o Monte Fuji, que é operado pela província e outras investidoras, até o dia antes da subida, com até 100 pessoas permitidas a reservarem de uma vez. Os pagamentos podem ser realizados através de cartão de crédito ou código QR. Reembolsos não serão feitos em princípio.

Normalmente, o Monte Fuji abre para os visitantes de julho ao início de setembro.

O governo provincial disse no início deste ano que começaria a cobrar dos visitantes que sobem a montanha de 3.776m a partir da trilha Yoshida a fim de aliviar o congestionamento e financiar medidas de segurança.

Designado como um Local de Patrimônio Cultural e Mundial da UNESCO, o pico mais alto do Japão, que se estende pelas províncias de Yamanashi e Shizuoka, tem sido um destino turístico popular no país.

Também neste verão, a província de Yamanashi instalará um portão na 5ª estação para fechar a trilha entre 16h e 3h com a única exceção sendo para aqueles que fizeram reservas antecipadas, que devem passar a noite em cabanas para evitar a “bullet climbing” (escalar por toda a noite sem descansar suficientemente).

A província de Shizuoka, que conta com 3 trilhas para o Monte Fuji, não coletará taxas além daquelas já em vigor para propósitos de conservação.

Entretanto, ela lançará um sistema de pré-registro para buscar visitantes dispostos a informá-los sobre seus planos de escalada como parte de um teste de gestão de entrada.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - promoção Torcida BB!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!