Iene desvaloriza mais chegando a 159 por dólar

A moeda japonesa voltou a ter uma depreciação, se aproximando dos 159 por dólar. Será que poderá depreciar até os ¥200/dólar?

Foto ilustrativa de gráfico e dólares americanos (PM)

No mercado de câmbio de Nova Iorque, Estados Unidos, na quinta-feira (20), horário local, a moeda japonesa desvalorizou ainda mais, chegando a 158,95 por dólar americano, a pior cotação em cerca de 2 meses.

Publicidade

As taxas de juros dos Estados Unidos subiram em resposta aos comentários de um alto funcionário da Reserva Federal de que demoraria algum tempo a conter a inflação, e o fosso cada vez maior nas taxas de juro entre o Japão e os EUA levou à venda de ienes e à compra de dólares.

Na quinta-feira, o mercado de Tóquio fechou com 158,20 ienes, e a desvalorização nos EUA foi de cerca de 70 centavos. 

O fato do Banco do Japão ter decidido não começar a reduzir as suas compras de obrigações governamentais na sua reunião de política monetária realizada em 13 e 14 de junho também apoia a venda de ienes. O mercado esperava que a redução começasse na reunião de junho, mas o Banco do Japão indicou que decidirá sobre um plano de redução na próxima reunião de julho. Isto é visto como uma postura pacífica, cautelosa quanto ao aperto, e a venda de ienes tornou-se dominante, concentrando-se na diferença nas taxas de juro entre o Japão e os Estados Unidos.

A taxa de câmbio foi empurrada para 160 ienes por dólar em 29 de abril, depois voltou a se recuperar pelas intervenções de compra da moeda japonesa, por parte do governo e do Banco do Japão.

Há um sentimento de cautela no mercado em relação a outra intervenção, assim como há especulações de que 1 dólar poderá chegar a 200 ienes.

No Brasil o panorama é o mesmo, com o real desvalorizado. Em 2 de janeiro deste ano o câmbio era de 4,92 reais por dólar e na quinta-feira foi fechado a 5,45 reais por dólar.

NHK, Nikkei, Google Finance e JNN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Areia da praia some, por isso não terá temporada este ano

Publicado em 21 de junho de 2024, em Artigos de Turismo

Uma bela e famosa praia, de um quilômetro de comprimento, está em risco. Este ano será fechada porque não oferece segurança aos visitantes.

Praia que será fechada este ano (NTV)

A Prefeitura de Hokota (Ibaraki) anunciou que a famosa praia Hokota, na costa de Ohtake, ou conhecida como Gold Coast de Ibaraki, não será aberta nesta temporada de verão porque a areia desapareceu.

Publicidade

Essa é uma praia muito famosa pelas suas paisagens espetaculares e excelente local para surf, ao longo de 1 quilômetro, recebendo em média 25 mil pessoas no verão, o quinto maior número das 14 praias públicas da província. 

Foto da temporada passada nessa praia (Pref. de Hokota via NTV)

É a primeira vez que isso acontece por outro motivo que não seja a pandemia. Segundo a prefeitura, o motivo do sumiço da areia foi a forte erosão pelas ondas, ao ponto de destruir partes da escadaria, abrindo enormes buracos nos blocos.

Buracos profundos nos blocos da escadaria (NTV)

Além disso, a erosão abriu vãos entre os blocos da escadaria e destruiu uma parte. Com isso, a prefeitura concluiu que não pode garantir a segurança dos visitantes.

O prefeito Kazuo Kishida disse em entrevista na terça-feira (18) que “foi uma decisão difícil cancelar porque Hokota é um importante local turístico pela sua rica natureza. Continuaremos fazendo pedidos ao governo da província, como adicionar areia, e esperamos restaurar a praia”.   

A faixa pintada em vermelho-terra era até onde a areia chegava (NTV)

Fontes: NTV e Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!