Recorde de candidatos a governador de Tóquio

Pela primeira vez na história das eleições de Tóquio, o número de candidatos é de 56 pessoas. Briga entre Koike e Renho.

Atual governadora de Tóquio, Yuriko Koike, em campanha para a reeleição (NHK)

As inscrições dos candidatos para as eleições para governador de Tóquio foram encerradas na quinta-feira (20), com 56 pessoas confirmadas, incluindo a atual governadora Yuriko Koike, 71, já no seu segundo mandato, visando a reeleição.

Publicidade

Esse número ultrapassou e muito o das últimas eleições, que foi de 22 candidatos, portanto foi um recorde.

Houve uma preocupação de que não haveria espaço suficiente no quadro de avisos, o qual comporta até 48 pôsteres. Mas, a Comissão Eleitoral Metropolitana de Tóquio informou que aumentará o quadro para que todos possam ser inseridos. 

A faixa etária dos candidatos é bem ampla: Airi Uchino, 31, a Doctor Nakamatsu, 96 anos. Há 8 candidatas, incluindo a atual governadora.  

Renho, ex-âncora de noticiário como Koike, e política (NHK)

Embora tenham muitas vozes contra duas candidatas em particular, a atual Koike e outra, Renho Saito, 56 anos, o que ambas têm em comum é que no passado foram apresentadoras de noticiários de tevê. Portanto, as duas têm presença de público, sabem se comunicar e têm carisma. 

A briga eleitoral entre as duas pode ficar acirrada, pois Renho já foi ministra e atualmente é representante da Câmara dos Conselheiros. O que está pesando sobre Renho é que nas eleições de 2016 descobriu-se que ela tinha dupla nacionalidade, o que não é permitido por lei no Japão. Ela nasceu em Tóquio, mas tinha registro como cidadã chinesa também e, segundo ela, foi por esquecimento, mas logo tratou de anular a outra cidadania.  

Ambas têm propostas interessantes, mas competem com alguns nomes de destaque, todos do sexo oposto. 

Em 7 de julho deste ano as pessoas irão depositar seu voto nas urnas, lembrando que no Japão, não há obrigatoriedade. O voto é espontâneo.

Fontes: JNN, NewsWeek e NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Serviços de manicure de bem-estar crescem no Japão

Publicado em 21 de junho de 2024, em Sociedade

O serviço é destinado a enviar nail stylists a instalações de bem-estar e outras para fazer as unhas de idosos ou de pessoas com deficiência.

Serviços de manicure de bem-estar começaram em 2012 (ilustrativa/banco de imagens)

O Japão está vivenciando uma disseminação dos chamados serviços de manicure de bem-estar, ou nail stylists enviados a instalações de bem-estar e outras para fazer as unhas de idosos ou de pessoas com deficiência.

Publicidade

O número de provedores certificados de tais serviços, conhecidos como “estilistas de unhas” cresceu 3,5 vezes com o passar dos anos, de acordo com uma organização de treinamento.

Tais tratamentos foram bem-recebidos, com funcionários em asilos dizendo que os serviços alegram os residentes.

Serviços de manicure de bem-estar começaram em 2012, quando Yukari Araki, que estava operando um salão, ofereceu seu serviço em um asilo.

Após receber muitas solicitações para tratamentos, Araki fundou a Associação de Saúde e Bem-Estar do Japão de Estilistas de Unhas com a meta de disseminar o serviço.

De acordo com a associação, com sede na cidade de Kishiwada (Osaka), há 2.332 estilistas de unhas de bem-estar certificados pela organização desde maio deste ano, alta de 668 em 2019.

Fonte: Nippon

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!