Russo é preso no Japão por suspeita de exportar motos aquáticas ao seu país para fins militares

O empresário russo teria exportado motos aquáticas e motores para a Rússia para uso militar, o que é proibido.

Foto ilustrativa de homem preso (Pexels)

A polícia informou na quarta-feira (10) sobre a prisão do russo ソワ・アンドレイ, 38, empresário, dono de uma exportadora situada em Chuo-ku, cidade de Osaka (província homônima).

Publicidade

Sobre ele há suspeita de exportação ilegal de motos aquáticas e motores de propulsão para navios para o seu país que poderiam ser usadas para fins militares, em janeiro do ano passado. O valor total dessa operação é avaliada em 43 milhões de ienes.

Nessa ocasião, teria providenciado uma exportação falsa, alegando que se destinavam à Coreia do Sul. Para exportação desse tipo é necessária uma autorização do Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão (METI). 

A Rússia está sujeita a sanções econômicas do governo japonês devido à invasão da Ucrânia, e a exportação de embarcações pessoais e outros itens foi proibida.

Essa foi a primeira prisão no Japão por suspeita de exportação ilegal desde a sanção econômica.

Fontes: NTV, ABC e KTV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japonês na lista de procurados é preso na Tailândia

Publicado em 11 de julho de 2024, em Crime

Além de ter um mandado de prisão emitido no Japão, o japonês teria ameaçado sua ex-namorada tailandesa.

Japonês dentro da viatura da polícia de Bangkok, Tailândia (FNN)

Um japonês que tem um mandado de prisão emitido como suspeito de confinamento de um homem em Tóquio, foi preso na Tailândia.

Publicidade

Trata-se de 藤原宇浩, 30, o qual foi detido pelos policiais de Bangkok, capital da Tailândia, pela sua permanência ilegal no país. 

Segundo as autoridades locais, em 28 de junho, o japonês estava dentro de um carro, o qual foi cercado para algemá-lo. 

Ele estava sendo procurado porque sua ex-namorada, uma tailandesa, o denunciou por agressão e também a ameaçou de morte, através de uma mensagem. Durante a investigação, soube-se que seu visto tinha expirado.

O japonês deverá ser deportado para o Japão, após 15 deste mês, quando será preso no seu país.

Polícia armada cerca o carro para prender o japonês (ANN)

Fontes: ANN e FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!